O ala Jackson Samurai, do JEC/Krona, realizará a cirurgia do joelho esquerdo dentro de duas semanas. Ele teve lesões no menisco, cartilagens, no canto posterior do joelho e no ligamento cruzado anterior na partida pela Seleção Brasileira contra a Bélgica, pelo Grand Prix de Futsal, disputado em Brusque, na semana passada.

Juliano Schmidt

Melhor ala esquerdo da LNF 2017 vai demorar a jogar este ano, para tristeza dos fãs de futsal

Jackson será operado pelo médico da Seleção Brasileira de Futsal, André Pedrinelli, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

O prazo para o retorno às quadras de Jackson é de seis a oito meses, ou seja, não atuará pelo Joinville na disputa da Supercopa, Taça Brasil e, eventualmente, na Libertadores do Futsal. Por enquanto, aguarda que o joelho desinche e ganhe amplitude para realizar a cirurgia com mais qualidade. Neste tempo, faz exercícios leves com o fisioterapeuta do JEC/Krona, Renato Miguel Jorge.

Em razão da lesão de Jackson Samurai, a direção do JEC/Krona avalia a contratação de mais um ala — já havia a necessidade antes e agora ela aumentou por causa do prazo de recuperação do jogador. A ideia é trazer um atleta canhoto. No ano passado, o Joinville contava com Fernando, Fellipe Mello e Jackson e agora, no começo da temporada, não terá nenhum dos três atletas à disposição.