Tem gol da Assoeva? Sim, a rede balançou. Enquanto que o autor vai comemorar lá dentro das quatro linhas com os demais colegas de equipe, a torcida Febre Amarela fará seu show na arquibancada. Mobilizados em fazer uma grande festa no domingo, 12, a ‘galera de trás do gol’ do Poliesportivo resolveu fazer mais um ‘bandeirão’. Desta vez é a camisa do time de forma gigante que vai cobrir os torcedores. Vai ser lindo de ver, ainda mais combinado com a classificação da equipe para as finais da Liga Nacional de Futsal 2017.

Divulgação Assoeva

Camiseta é uma ação que vai mostrar no domingo o quanto Venãncio Aires gosta de futsal

“Sabemos das dificuldades que o time está passando e como somos sabedores que os recursos são poucos, resolvemos então fazermos uma ação que consideramos que a hora mais propícia para tanto é agora. Confeccionamos uma camisa de 13,5m x 10m para ser o sexto jogador da Assoeva. Vamos inaugurá-la no domingo. Vamos mostrar ao Brasil inteiro que em Venâncio Aires temos a maior torcida de futsal”, afirma um dos líderes do movimento, Rodrigo Cardoso. A camisa também simboliza a parceria entre a equipe, patrocinadores e apoiadores de 2017.

“Esse é o momento que todos devem ter a consciência que a Febre Amarela são todos aqueles que entram no ginásio pra apoiar o time e por isso queremos ver domingo toda a comunidade de Venâncio Aires lá no Poli. Esse é o jogo que realmente vale pra gente. É a hora de apoiar nosso clube”, completa Cardoso.

Para Pablo Hermes, que também está na equipe de apoio, a ideia é ‘amarelar’ as arquibancadas no domingo. “Quem não tem a camisa da Assoeva, que vista o amarelo de outra forma e vá ao ginásio. Temos que colorir o Poliesportivo. Vamos mostrar ao Brasil as cores da nossa paixão. Agora somos todos Assoeva. Nosso clube está prestes a fazer história”, disse.

Quanto ao não ter uma camisa da Assoeva, o torcedor pode no domingo ter uma participação diferenciada com balões, cartazes, papel picado. Tudo vale nessa hora decisiva. O importante mesmo é a mobilização de todos extra quadra.

Ingressos

Assoeva/Unisc/ALM x Marreco, domingo, 12, a partir das 12h30min, no Poliesportivo. Jogo de volta válido pela fase semifinal da Liga Futsal 2017. É confronto para público recorde no ginásio?

Tudo indica que sim. A direção do clube de Venâncio Aires colocou o primeiro lote de ingresso a R$ 30 e em 48h havia esgotado.

Ontem foram disponibilizados mais ingressos, agora com o valor de R$ 35. “Os pontos de venda são aqueles tradicionais. Tem um diferencial que a tenda da Assoeva vai atender na quinta-feira [hoje] até às 16h e na sexta-feira [amanhã] até as 17h”, destaca o vice-presidente do clube, Vianei Hammes.

A compra de ingresso num primeiro momento foi intensa. “São inúmeras as reservas por parte do pessoal de outras cidades. Tem caravanas que estão se mobilizando para acompanhar o jogo no domingo”, disse Eliel Hammes. Reservas de ingresso podem ser feitos através do Watshapp 9 9714 1585.

A diretoria da Assoeva já está trabalhando em torno de algumas questões quanto a organização de ações já previstas para o Poliesportivo. Na entrada do ginásio, por exemplo, será exposto um banner com o plantel atual de jogadores. Será um ponto que o torcedor poderá tirar aquela tradicional foto ao lado dos jogadores.

Haverá dentro do ginásio uma divisória mediante a provável vinda do torcedor do Marreco. “Lá em Francisco Beltrão, no Paraná, a torcida de Venâncio Aires foi muito bem recebida e tratada dentro e fora do ginásio. Pretendemos dar a mesma receptividade aqui aos paranaenses no fim de semana”, declarou Hammes.

Para o jogo de domingo, 12, que começa às 12h30min, os portões do Poliesportivo serão abertos a partir das 10h.

Trabalha da equipe

Depois do empate em 2 a 2 contra o Marreco, no domingo, e o retorno para Venâncio Aires nas horas seguintes, a comissão técnica da Assoeva deu folga para o grupo de atletas na segunda-feira. Na terça-feira, jogadores do adulto como os goleiros Andre Deko e Deividi, mais os alas Rezala e Igor Mota, juntamente com toda a comissão técnica, atletas da categoria Sub-20 e garotos da escolinha, estiveram na Assembleia Legislativa, em Porto Alegre. Na capital gaúcha a Assoeva foi homenageada pelos parlamentares por ser a única equipe gaúcha entre as semifinalistas da Liga Futsal 2017. Ontem o técnico Fernando Malafaia deu início aos trabalhos oficiais da equipe visando a decisão de domingo.

Pela manhã as atividades foram com o preparador físico Eduardo Coelho. À tarde teve trabalho com bola.

Hoje pela manhã as atividades mais uma vez serão no Poliesportivo. Malafaia conta com a participação da garotada Sub-20 para compor os trabalhos de ordem tática. Isso porque o grupo adulto está ‘enxuto’.

O pivô Dilvo está fase final de recuperação da fratura na perna esquerda. Nesta semana ele foi submetido a uma cirurgia para a retirada de um parafuso. “Até então sentia bastante dor no local. Algo que realmente incomodava. Agora com a retirada do parafuso melhorou e muito. Até para correr dói bem menos. Foi um alívio”, disse o jogador. Zico, depois da cirurgia no joelho, segue os trabalhos de fisioterapia.

Quanto às condições de Caio Júnior e Valdin, a probabilidade dos dois estarem aptos para o jogo de domingo são as melhores. O fisioterapeuta Gustavo Graziola está com as atenções redobradas para a plena recuperação da dupla. “O Caio Júnior está mais perto dos 100%. Está fazendo trabalho de força e realizando as primeiras corridas. O tratamento segue. A carga de trabalho será de forma gradativa. O Valdin segue mantendo as atividades de reforço na academia. As expectativas são boas sim para deixar os dois em condições para domingo. Estamos trabalhando para isso”, declarou o profissional.