O Atlântico venceu o Joaçaba, por 2 a 1, neste sábado (29), no Ginásio do CER.Atlântico, em Erechim, pela Liga Nacional de Futsal 2019. O gol da vitória veio no fim do jogo, após cobrança de tiro-livre do fixo Silva. Agora, o Atlântico dará uma pausa na LNF, fazendo dois jogos seguidos pela Liga Gaúcha, na próxima terça, contra o Guarany, em Espumoso, e no sábado, dia 6, contra o Marau, também fora de casa. A volta para um jogo em Erechim ocorre no dia 13, sábado, contra o Blumenau, pela Liga Nacional.

Edson Castro

Silva domina a bola para levar o Atlântico ao ataque diante do Joaçaba

Atlântico e Joaçaba fizeram uma primeira etapa equilibrada. Com cinco faltas antes dos 15 minutos de jogo, o Galo cometeu a sexta infração aos 14 minutos. Rafinha foi para o chute, mas o goleiro careca fechou bem o ângulo e a bola acabou batendo na trave.

Logo após, o Atlântico teve uma falta a seu favor na defesa, mas Allan escapou pela direita, aproveitou a lei da vantagem e finalizou no alto para abrir o placar.

A segunda etapa teve maior movimentação por parte do time gaúcho. Aos 5 minutos, Silva recebeu no meio da marcação e exigiu bela defesa de Léo Gugiel. Na sequência, Cleber retardou a cobrança do lateral, já tinha cartão amarelo e acabou expulso.

Edson Castro

Fixo Allan abriu o caminho da vitória para o Atlântico

O Joaçaba aproveitou o fato de ter um a mais em quadra e empatou o jogo através de Raul, chutando cruzado, já próximo a linha de fundo.

O Atlântico não se abateu e continuou buscando o resultado até o fim. Aos 18 minutos, Allan sofreu falta na entrada da área, a sexta do Joaçaba na etapa. Tiro-livre que Silva cobrou e assegurou outra vez a vantagem para o Galo: 2 a 1.

No fim, o treinador Paulinho Sananduva, do Joaçaba, lançou goleiro-linha em quadra. Porém, não conseguiu vencer a defesa do Atlântico.