Pensou em final pensou em Deives. Campeão da Supercopa de Futsal pelo Corinthians no último sábado diante do Marreco, em Francisco Beltrão-PR, o pivô chegou à marca de seis decisões vencidas em seis finais disputadas com a camisa do Timão. Feliz com a invencibilidade em jogos decisivos, Deives afirmou que espera manter a escrita por bastante tempo.

Divulgação

Deives segue colecionando títulos pelo Corinthians

“Estou muito feliz com mais um título pelo clube que amo de verdade. Nunca perdi uma final com essa camisa e espero seguir assim por muito tempo. O clube merecia disputar uma Libertadores e enfim conseguimos, esse grupo merece”, destacou.

Eufórico com a conquista, Deives lembrou que quase não participou da Supercopa de Futsal. Ele sofreu uma fratura no joelho durante um treino na pré-temporada, mas se recuperou a tempo, embora a previsão inicial de retorno tenha sido de seis a oito semanas.

“Respeitei a opinião médica, mas voltei em quatro semanas, coloquei na cabeça que ia participar e isso me motivou muito. Queria muito esse título da Supercopa e consegui ajudar a equipe dentro de quadra também. A comissão técnica e meus companheiros foram fundamentais no apoio de estar aqui hoje. Nosso grupo é uma família, deu tudo certo por merecimento”, frisou.

Com a vaga na Libertadores, a competição continental passa a ser o grande sonho de conquista do Corinthians, que ainda espera disputar um Mundial.

“Nossa perspectiva é ser campeão da América para abrir as portas do Mundial. Depois pensar na Liga Nacional que também é um dos nossos objetivos. Temos que disputar finais, pois representamos um clube gigante”, concluiu.