Mesmo com seis desfalques, o Corinthians mostrou a sua força ao derrotar o Marechal Rondon por 6 a 2 nesta segunda-feira, no Parque São Jorge. A vitória faz o Timão pular para a liderança com os mesmos sete pontos do Foz Cataratas, mas saldo de gols superior (cinco contra três dos paranaenses) ao rival, que empatou em 1 a 1 com o Marreco Futsal na rodada. Os gols corintianos foram marcados por: Leandro Caires (três), Wilsinho, Edson e Gabriel. Eduardo Jabá e Parrel descontaram para o Marechal Rondon.

O Corinthians volta a jogar pela LNF na próxima sexta-feira. O adversário é o Atlântico Erechim, às 21h30, em Erechim (RS). Na mesma data, o Marechal Rondon recebe a Assoeva às 19h15, no ginásio Ney Braga, em Marechal Cândido Rondon (RS). O time paranaense está com quatro pontos e ocupa a oitava posição na classificação.

– Conseguimos o nosso principal objetivo que era a vitória, aqui no Corinthians é assim, um dia um faz um gol e outro faz três, então a gente vai se completando. O mais importante era vencer e nós conseguimos – disse Leandro Caires.

July Stanzioni/SM Press

Momento do gol Wilsinho no primeiro tempo

Primeiro tempo morno

A primeira finalização foi do Corinthians. Em cobrança de falta da intermediária, Johnny encheu o pé, colocando Baranha para trabalhar. Aos cinco, Nenê ganhou de Eduardo Jabá e saiu na cara do gol. Desequilibrado, o camisa 77 corintiano acabou finalizando para fora. Dois minutos depois, Gabriel foi lançado na área, mas Baranha saiu da meta e conseguiu evitar o gol. Aos 12, foi a vez de Alex chutar com perigo à direita do goleiro do Marechal Rondon.
O time paranaense criou a sua primeira boa chance somente aos 13. Após lançamento de Baranha, Eduardo Jabá soltou uma bomba, e a bola explodiu no travessão de Guitta. Refeito do susto, o Timão deu a resposta da melhor forma. Em jogada pela esquerda, Genaro chutou cruzado, Baranha deu rebote, e Wilsinho apareceu para conferir: 1 a 0.

Yuri Gomes/Elite Comunicação

Baranha não conseguiu evitar a derrota da Copagril

O Marechal Rondon teve grande oportunidade para empatar logo depois do gol. No entanto, Parrel concluiu por cima do travessão, cara a cara com Guitta. O Corinthians também teve ótima chance para ampliar antes do intervalo. Em contra-ataque rápido, Baranha fez três defesas seguidas, operando um verdadeiro milagre no último lance de emoção da etapa.

O segundo tempo mal começou, e o Marechal Rondon tratou de empatar a partida. Aproveitando sobra de bola na entrada da área, Eduardo Jabá fuzilou a meta de Guitta, fazendo 1 a 1. O Corinthians não demorou a voltar a passar à frente. Após mais um bombardeio à meta de Baranha, Leandro Caires tocou no canto marcando o segundo gol dos paulistas.

Empolgado, o camisa 4 corintiano tratou de marcar novamente aos cinco. Em uma arrancada em velocidade, Leandro Caires acertou o canto direito de Baranha, aumentando para 3 a 1. Aos sete, Matheus deu uma linda caneta em Ronaldo e serviu Edson na cara do gol. Dessa vez o goleiro de Marechal Rondo conseguiu sair da meta para fazer a defesa.

Aos dez, foi a vez de Edson deixar a sua marca. O gol saiu após um passe longo de Genaro. A sete minutos do fim, o técnico Paulinho Sanaduva lançou Parrel como goleiro-linha. No primeiro contra-golpe corintiano, Gabriel apareceu sozinho para fazer 5 a 1. O Marechal Rondon não se entregou e conseguiu o segundo gol aos 15, com Parrel. Só que Leandro Caires fez o seu terceiro gol na partida, sepultando as chances de reação dos paranaenses.

Yuri Gomes/Elite Comunicação

Wilsinho abriu o placar da vitória do Corinthians

Escalações
Corinthians: Guitta, Nenê, Leandro Caires, Alex e Johnny. Entraram: Matheus, Xandy, Lucas, Índio, Genaro, Edson, Gabriel e Wilsinho. Técnico: André Bié.

Marechal Rondon: Baranha, Biel, Deivão, Eduardo Jabá e Marquinhos. Entraram: Parrel, Ian, Pedala, Xuxa, Cristian, Ronaldo, Gustavinho e Gustavo. Técnico: Paulinho Sananduva.