O reconhecimento de ídolos que marcaram história no futsal brasileiro ganhou um novo capítulo na última terça-feira (31/10), com a confirmação das atividades oficiais da Seleção Brasileira de Futsal Master. A iniciativa, além de resgatar nomes da modalidade, busca ser mais uma ferramenta de incentivo à nova geração e faz parte de uma parceria entre a Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) e a M+M Eventos Esportivos, empresa que será responsável por viabilizar as atividades da Seleção Master.

Uma prévia do que veremos a partir de agora foi demonstrado em Foz do Iguaçu, Paraná, no mês de julho, com a realização do Jogo das Estrelas. No duelo entre Seleção Paranaense e Seleção Brasileira, nomes como Choco, Danilo, Índio e Ortiz reencontraram o prazer de vestir a amarelinha diante de uma também estrelada Seleção Paranaense, que contou com nomes consagrados do esporte como Ricardinho e Tcheco – que iniciaram a carreira no futsal, mas brilharam ainda mais nos campos.

“O futsal tem uma grande história no Brasil e os jogadores, obviamente, fazem parte dela. É um prazer enorme da CBFS promover a parceria para resgatar essas pessoas que elevaram o nome do país em uma modalidade que é reconhecida por ser genuinamente brasileira justamente por tudo que foi alcançado durante esses quase 40 anos de atividades”, pontua Marcos Madeira, presidente da CBFS.

Divulgação CBFS

Marcos Madeira, presidente da CBFS, assinou acordo pela volta das atividades da Seleção Máster

Próximos passos

A expectativa fica agora por conta do início das atividades. Assim, a estreia oficial da Seleção Master deve ocorrer ainda neste ano, com a realização de pelo menos dois amistosos.

A promoção da volta dos grandes craques do futsal com a Seleção Master foi assinada na sub-sede da CBFS, em São Paulo, juntamente com o presidente da entidade, Marcos Madeira; o superintendente, Paulo Ladeia, e o diretor de Marketing, Bernardo Caixeta, além do diretor da M+M, Gue Marques.