Campeão da Taça Brasil de Clubes no último domingo, o Atlântico entrou em quadra para enfrentar o Joinville neste sábado com todos os seus jogadores com os cabelos descoloridos. Enganou-se, porém, quem achou que o time de Erechim jogaria “de ressaca”. Numa partida eletrizante e com duas viradas, a equipe gaúcha derrotou o rival catarinense por 4 a 3, subindo do 12º para o 10º lugar agora com 23 pontos. Na sexta, acontece a última rodada da primeira fase com o Joinville recebendo o Corinthians e o Atlântico visitando o Marechal Rondon. Confira os gols da partida AQUI.

Juliano Schmidt

Jackson anotou uma pintura no primeiro gol do Joinville

Cartão de visitas

O jogo mal começou e Jackson Samurai acertou uma bomba na trave. Refeito do susto, o Atlântico passou a sair mais para o ataque. Aos três minutos, Silva chutou da intermediária, e o goleiro Willian foi buscar. Três minutos depois, foi a vez de Gessé dominar na área e errar a finalização. Aos 10, Caio Jr avançou pela direita e bateu forte. A bola se perdeu pela linha de fundo.

A pressão do Atlântico continuou na metade final do primeiro tempo. Aos 11, Barbosinha chutou cruzado, e Lucas chegou atrasado. A cinco minutos do fim, foi a vez de Allan finalizar rente à trave. De tanto insistir, o Atlântico abriu o placar aos 16, num belo gol de Cleber. O Joinville mal teve tempo de respirar. Logo após a saída de bola, Caio Jr dominou na frente e fez 2 a 0. O Tricolor não se entregou e descontou antes do intervalo, com Jackson Samurai, em linda jogada individual.

 

Virada do Joinville

O segundo tempo mal começou, e o Joinville já conseguiu o empate num chute de primeira de Bruninho, que contou com desvio na defesa. O gol fez o Atlântico voltar a sair mais para o jogo. Aos dois minutos, Silva colocou Willian para trabalhar. O Joinville também chegou com perigo aos cinco, quando Bruno chutou forte no ângulo, e o goleiro Jackson foi buscar. Aos sete, Ian arrancou pela direita e bateu cruzado. Willian desviou de soco.

As chances desperdiçadas custaram caro ao time gaúcho. Após receber lançamento longo, Leco matou a bola com categoria e fez o gol da virada joinvilense: 3 a 2. O Atlântico não se abalou e continuou criando chances. Aos nove, Willian fez defesa sensacional em chute de Lucas. Um minuto depois, o goleiro joinvilense pegou finalização de Silva da intermediária. Aos 15, porém, não teve jeito. Após chute cruzado de Allan, Barbosinha desviou com a coxa, fazendo 3 a 3.

 

Allan faz o gol da vitória

Motivado, o Atlântico foi para cima em busca dos três pontos. A dois minutos do fim, Barbosinha concluiu no canto, e Willian praticou a intervenção. Pouco depois, Silva cobrou tiro livre direto, e o goleiro do Joinville tirou com o pé. Quando o jogo caminhava para o empate, Allan fez o gol da vitória. E por ironia do destino a bola entrou passando entre as pernas de Willian, que lamentou muito o lance de infelicidade.

Atlântico: Jackson, Cleber, Allan, Ian e Barbosinha. Entraram: Léo, Lucas, Silva, Caio Jr, Nardinho, Cappa, Gregory, Gessé e Cleitão. Técnico: Giba.

Joinville: Willian, Bruno, Leco, Jackson Samurai e Dieguinho. Entraram: Ciço, Bruninho Iacovino, Genaro, Thiaguinho, Xuxa, Machado e Gabriel Penézio. Técnico: Vander Iacovino.