Um jogo de tirar o fôlego. Em emoção e em gols. Atlântico e Pato Futsal realizaram na tarde deste sábado, 28, o primeiro dos dois jogos que farão pela fase de oitavas de final da Liga Nacional de Futsal. Em Erechim, com grande apoio do torcedor, o Galo levou a melhor no primeiro duelo e venceu por 4 a 3.

A partida teve todos os ingredientes de uma decisão de play-off da LNF. Embora tentando ter o controle do jogo, o Galo viu o Pato por alguns momentos encostar no placar. No final, a vitória foi comemorada, mas com ponderação como pediu o autor de dois gols no jogo, Barbosinha. “Vencemos, asseguramos uma pequena vantagem para a partida da volta, mas não tem classificação garantida. Temos que nos preparar durante a semana para tentar novo bom jogo lá e então poder sonhar com a vaga na próxima fase”, disse.

O treinador Giba enalteceu o esforço da equipe na busca do resultado positivo. “Tivemos dois tempos um pouco distintos, na etapa final sofremos com alguns erros, mas a equipe soube trabalhar para garantir este importante resultado, que transfere uma pequena vantagem para nós, mas que temos de trabalhar para consolidar esta vantagem na partida da volta”, completou.

O segundo confronto entre os dois jogos será no próximo domingo, dia 6 de outubro, às 11h, em Pato Branco.

Edson Castro

Barbosinha marcou duas vezes na vitória do Galo

Galo abre vantagem

Jogando em casa e com apoio do torcedor, o Atlântico começou tomando a iniciativa. E transformou isso em gol logo a 1min40 quando Barbosinha recebeu no ataque, girou sobre a marcação e assegurou 1 a 0 no placar.

Pouco depois, o mesmo Barbosinha receberia pela direita e da linha de fundo, chutou cruzado, no alto, sem chances para Djony: 2 a 0.

Na melhor chance dos visitantes na primeira etapa, Di Maria acertou a trave, aos 19min31.

 

Pato busca o empate

No início da segunda etapa, o Pato conseguiu reagir e buscar o empate. A 1min25, Tom roubou a bola e definiu descontando para os paranaenses.

Já aos 5min31, Gouveia recebeu na frente da área e chutou sem chances para o goleiro Careca: 2 a 2.

 

Galo define a vantagem

O empate fez o treinador Giba parar o jogo e conversar com os atletas. A conversa surtiu efeito e aos 7min13 Gessé recebeu no fundo de quadra e chutou cruzado para fazer 3 a 2 no placar. A 10min, de goleiro para goleiro, Careca tentou da sua área e Djony mandou por cima. Já aos 13min30, Ian recebeu na frente e antes de concluir ainda tirou do goleiro Djony para ampliar a vantagem do Galo para 4 a 3.

Já aos 17min, Jhow em um chute cruzado voltou a “incendiar” o jogo fazendo o terceiro gol do Pato. Nos minutos finais, os paranaenses passaram a atuar com goleiro linha, mas pararam na forte marcação do Galo e o placar fechou mesmo em 4 a 3 para os gaúchos.