Mais um jogador chega para integrar o elenco do Minas na temporada 2019 do futsal brasileiro. O fixo Vitor, que defendeu a ADC Intelli no último ano, é o mais novo reforço da equipe comandada por Peri Fuentes. Em 2019, o Minas terá pela frente as disputas da Liga Nacional de Futsal (LNF), Copa do Brasil e Campeonato Estadual. As datas ainda não foram anunciadas, mas a equipe minastenista já treina forte para alcançar os objetivos.

Orlando Bento

Vitor estava atuando na Intelli e vai defender em 2019

Natural de Aracaju, capital de Sergipe, Vitor Luiz Moreira do Nascimento tem 28 anos. O fixo chega para contribuir, principalmente, com a experiência acumulada em anos de esporte. No currículo do novo reforço estão as equipes de Cortiana-UCS (2008), Pato Branco (2009), Alaf (2010), Concórdia (2011), Umuarama (2012/13), Guarapuava (2014/15), ADC Intelli/Paraíso Futsal (2016), Copagril (2017) e novamente a ADC Intelli/Paraíso Futsal, que voltou a defender na temporada de 2018.

“Eu tenho como ajudar com a minha experiência, passando minha experiência no futsal, a minha rodagem. Apesar de não ser tão mais velho que eles, tenho uma rodagem um pouco maior, porque jogo a Liga Nacional desde os 17 anos. Tento tirar o melhor deles e dar o meu melhor para eles. Essa troca de informações, a sinergia, vai ser muito importante durante a temporada. Creio que vamos fazer grandes coisas ao logo do ano”, comentou o atleta.

Para Vitor, o Minas tem condições de fazer boas campanhas nas competições que disputar na temporada 2019. “Eu me sinto feliz por poder representar um clube como o Minas, tradicional, que oferece tudo para que o atleta desenvolva o seu melhor. A expectativa é que a temporada seja de surpresas boas para nós. Sabemos da reformulação que está sendo feita neste ano. Jogar uma Liga Nacional não é uma coisa tão simples, mas com tudo o que eu tenho visto, com os jovens que ficaram e os que chegaram, temos condições de fazer uma ótima Liga”.

O novo fixo da equipe comandada por Peri Fuentes acredita que a juventude do elenco é um ponto positivo para o time minastenista. “O principal ponto positivo de se ter uma equipe jovem é a disposição. São jovens e conhecem bastante o trabalho do Peri, o que facilita, porque o sistema é praticamente o mesmo. Então, fica mais fácil para eles assimilarem. Vamos tentando, entre nós, corrigir alguns erros, alguma ansiedade, o que é natural da idade. Mas, no geral, é um ponto positivo”, concluiu.