O elenco do Foz Cataratas Futsal contará com um jogador campeão mundial de clubes. Reforço confirmado para a temporada 2019, o fixo Sacon é um dos novos nomes na lista do Time das Três Fronteiras para a disputa do Campeonato Paranaense da Série Ouro, da Taça Brasil e da Liga Nacional de Futsal. Com 29 anos,  natural de Caxias do Sul (RS), o jogador chega para qualificar ainda mais o grupo de atletas do atual campeão paranaense.

Guilherme Mansueto

Sacon chega ao Foz com o título de campeão mundial pelo Magnus

Sacon tem passagens por vários times brasileiros e títulos significativos em sua carreira. O jogador já defendeu a Cortiana/UCS (RS), Peixe/Mazza Futsal (DF), Botafogo (RJ), Tubarão (SC), Juventude (RS), Assoeva (RS) e Magnus/Sorocaba (SP). Entre os principais títulos estão o bicampeonato brasiliense (2010 e 2011), carioca (2012), gaúcho (2015 na Prata e 2017 na Ouro), Supercopa (2018) e o Mundial de Clubes em 2018, no mês de setembro, em Bangkok, na Tailândia.

Empolgado com o acerto, o fixo espera iniciar os treinamentos com os novos companheiros. “O Foz Cataratas é um clube que vem crescendo muito nos últimos anos, teve uma ascensão muito grande chegando à semifinal da LNF em 2017 e sendo campeão paranaense em 2018. O clube costuma montar elencos qualificados e para brigar pelas primeiras colocações. Acredito que esse ano não será diferente”, observou.

De acordo com Sacon, as conversas com o presidente Adélio Demeterko e com o técnico Cigano foram fundamentais para a sua escolha. “Eles me passaram as ideias, o planejamento, as competições que o Foz vai disputar, entre elas a Taça Brasil. Também tive ótimas referências de jogadores que já passaram ou ainda estão em Foz do Iguaçu. Não tive dúvidas em fechar o acordo com o clube. Sei da responsabilidade, mas estou muito feliz e motivado para encarar o desafio”, garantiu.

Para o técnico Cigano, a chegada do reforço vai acrescentar muito ao time iguaçuense. “É um atleta que eu vinha acompanhando há muito tempo, principalmente no Rio Grande do Sul. Evoluiu muito nos últimos anos, cresceu bastante. É um jogador que eu queria, um fixo moderno que sai para jogar, bom passe, boa finalização e acima de tudo é goleador. São fundamentos interessantes que a gente buscava para o Foz Cataratas”, analisou o treinador.