No dia 5 de agosto, o Minas inicia a caminhada pela conquista da Taça Brasil. O clube soltou o grito de campeão em duas oportunidades. O primeiro título veio em 2002, e o segundo, já com o técnico Paulo César Cardoso no comando da equipe, na temporada 2012. Neste ano, a Taça Brasil será disputada na cidade de Erechim, no interior do Rio Grande do Sul. A competição é curta, com duração de apenas uma semana, e reúne grandes equipes. O Minas está no Grupo E1 e terá pela frente Jec/Krona (SC), Atlântico (RS), Horizonte Futsal Clube (CE) e Pato Futsal (PR).

Ignácio Costa

Ciço quer levar o Minas ao tricampeonato da Taça Brasil

O elenco do Supermercados BH/Minas reúne experiência e juventude. A mescla tem dado bons resultados na Liga Nacional de Futsal (LNF), e os jogadores esperam repetir as boas atuações em Erechim. Para isso, treinam diariamente no Minas. Nesta quinta-feira (28/6), os atletas se reuniram para mais uma atividade tática. Entre eles estava o fixo Ciço. Atleta experiente e dono de uma carreira vitoriosa, com passagens por clubes do Brasil, Portugal, Espanha e Irã, o camisa 5 falou sobre a preparação para a Taça, as dificuldades que o Clube terá no interior do Rio Grande do Sul e qual deve ser o foco para que os mineiros levantem o troféu.

“Não existe uma fórmula, uma melhor preparação para se jogar uma competição como essa, corrida como é a Taça Brasil. A preparação tem que ser diária, como a gente vem fazendo. Ainda temos dois jogos da Liga antes da Taça Brasil. Neste ano, a competição muda um pouco, porque vai ser disputada no meio do ano. As equipes estão com muito mais entrosamento, a preparação física está sendo a melhor possível. Então, não tem uma fórmula para a competição. A Taça é desgastante, mas temos que aprimorar o que temos de bom, porque vamos enfrentar equipes fortes na nossa chave. A preparação é mais o aprimoramento da nossa parte, do que temos errado”.