O Jaraguá Futsal espantou todo o clima de desconfiança que pairava sobre o time na Liga Nacional. Com uma boa atuação na noite desta sexta-feira (14), o aurinegro goleou o São José diante dos seus torcedores, na Arena, por 5 a 2, e voltou a vencer na competição após duas rodadas.

Em um primeiro movimentado e com muitas chances para ambos os lados, a equipe jaraguaense foi mais eficiente e abriu 2 a 0, com gols de Fernando e Jé. Os visitantes chegaram a diminuir, com Vitinho, mas Dé voltou a colocar dois gols de vantagem para os donos da casa.

Precisando do triunfo para deixar as últimas colocações na tabela, os comandados de Fernando Ferretti até sofreram alguns sustos no começo do segundo tempo. Porém, o time foi letal no ataque.

Lucas Pavin

Dé comemora gol do Jaraguá

Nicolas e Fernando trataram de transformar a vitória em goleada. No último minuto, Gustavinho descontou para o São José, de pênalti, mas já era tarde. Placar final: 5 a 2.

“Nosso sistema defensivo funcionou bem. Vínhamos pecando muito nisso. Hoje (sexta-feira) conseguimos equilibrar e acredito que esse foi nosso diferencial para o resultado”, destacou o pivô Jé.

“A defesa e o ataque foram bem. Nossa equipe se portou muito bem no geral e precisávamos dessa vitória para sair de baixo da tabela que o Jaraguá não merece”, afirmou o ala Dé.

Com a vitória na 9ª rodada, o Jaraguá subiu o elevador na classificação e passou do 17º ao 11º lugar, com 10 pontos. Já o São José é o novo lanterna, com apenas quatro pontos.

O aurinegro volta a atuar pela LNF no dia 22 de junho, quando encara o Cascavel, fora de casa. Antes, haverá um compromisso pelo Catarinense contra o São Francisco, na próxima terça-feira (18), às 20h10, na Arena.

O jogo

O primeiro tempo foi cheio de emoções na Arena Jaraguá. Jogando em casa, o Jaraguá que contou com os retornos de João Neto e Jé foi para cima, mas também deu espaços ao São José, resultando em várias chances de perigo para ambos os lados, desde o primeiro minuto. Mas quem abriu o placar foi o aurinegro.

Aos 4 minutos, João Guilherme passou por dois marcadores, driblou o goleiro, e levantou na área para Fernando, que deu um leve toque de cabeça para fazer 1 a 0. A partir daí, o controle passou a ser maior dos mandantes, que aumentaram a vantagem, aos 11.

Lucas Pavin

Fernando leva o Jaraguá ao ataque

Em escanteio, Dé levantou no segundo pau, na medida para o pivô Jé, que pegou de primeira e marcou um belo gol. O terceiro quase veio um minuto depois, mas Poletto parou na trave após uma bomba de fora da área.

O São José chegou a reagir aos 15, quando a defesa jaraguaense bateu cabeça na grande área e a bola sobrou para Vitinho chutar por baixo das pernas de João Neto. Mas o time paulista não teve muito tempo para comemorar.

Um minuto depois, Jé fez boa jogada de pivô e tocou para Dé, que acertou um linde chute de fora da área para voltar a colocar dois gols de vantagem. Ainda antes do intervalo, o São José levou perigo em finalização na trave de Banana, mas ficou nisso.

Já no segundo tempo, o Jaraguá adotou uma postura mais cautelosa. Recuado na quadra de defesa, a equipe esperava o erro do rival para surpreender nos contra-ataques.

No início, os visitantes deram alguns sustos e obrigaram o goleiro João Neto a fazer boas defesas, além de esbarrar no travessão, em chute de Vandinho. No entanto, o time da casa espantou qualquer reação do adversário, aos 10 minutos. Em cobrança de falta, Nicolas recebeu passe de Xande, cortou o defensor e chutou no canto esquerdo para fazer o terceiro.

Logo depois, o São José foi para o tudo ou nada e lançou o goleiro-linha. Mas em um vacilo da defesa, Fernando roubou a bola e mandou para o gol vazio, aumentando a goleada.

Faltando pouco mais de um minuto para o fim, o São José até descontou com Gustavinho, de pênalti. Mas já era tarde. Placar final: 5 a 2.