A Liga Nacional de Futsal teve na atual temporada 201 jogos disputados e uma média de 5,6 gols por partida. O Pato chegou ao título de forma inédita, após vencer o Atlântico na prorrogação da decisão por 2 a 1, depois de perder no tempo normal, pelo placar de 4 a 2. A competição também foi movimentada com a vibração nas arquibancadas do Brasil.

Mauricio Moreira

Di Maria marcou o gol do título do Pato na LNF 2018

Ao todo, 1116 gols foram marcados na LNF 2018. O pivô Keké, do Atlântico, terminou como artilheiro. Ele balançou as redes 23 vezes, seguido por Café, também do Atlântico, que marcou 21 gols. Em seguida aparecem o fixo Rodrigo, do Magnus, e Danilo Baron, do Pato, com 17 gols cada.

A seleção do campeonato também foi comandada pelos finalistas da competição. Careca, do Atlântico, foi eleito o melhor goleiro. O melhor fixo foi Batalha, do Pato, nas alas ficaram Leandro Lino, do Magnus, e Danilo Baron, do Pato. O melhor pivô foi Keké, do Atlântico. Danilo Baron foi eleito também o craque do campeonato, enquanto Matheus Rodrigues, do Corinthians, a grande revelação. O técnico do ano foi Sérgio Lacerda, que comandou o Pato na brilhante trajetória para o triunfo.

Mauricio Moreira

Keké foi o artilheiro da LNF 2018 e eleito o melhor pivô

A Liga Nacional de Futsal também premiou a equipe mais disciplinada do campeonato, o Jaraguá Futsal, que levou para casa o troféu Fair Play. Confira todos os números da maior e mais tradicional competição da modalidade no país.