Morreu neste domingo, aos 67 anos, o diretor de seleções da Confederação Brasileira de Futsal (CBFS), Dárcio Castro. Ex-jogador de futsal com passagem por Internacional, Corinthians e Palmeiras, ele foi encontrado morto em seu apartamento em Capão da Canoa (RS). A causa da morte não foi divulgada.

Divulgação CBFS

Dárcio Castro era diretor de seleções da CBFS

Presidente da Federação Gaúcha de Futsal entre 2011 e 2014, Dárcio foi um dos dirigentes que reprovou as contas de Aécio de Borba Vasconcelos na CBFS em 2014. A reprovação foi sucedida pela queda do dirigente que presidia a entidade máxima do futsal brasileiro desde 1979.

Por meio do seu site oficial, o Sport Clube Internacional emitiu uma nota de pesar da morte de Dárcio. O atual presidente da Federação Gaúcha, Francisco Noveletto, foi outro a manifestar-se sobre a perda do dirigente.

– Perdi um irmão, mais do que um irmão. São 40 anos trabalhando juntos. Cresci junto com ele – disse, emocionado.