O ano de 2017 começou com a pior notícia da vida de Neto. Diagnosticado com dois tumores, um no cérebro e outro no pulmão, o melhor jogador de futsal do mundo em 2012 passou a viver a incerteza da sequência da carreira e até mesmo da vida.

Yuri Gomes

Neto conquistou junto ao Magnus seu primeiro título após vencer dois tumores

Neto teve de deixar o Cazaquistão onde jogava, voltar ao Brasil e passar por cirurgia para a retirada dos tumores, além de passar por um tratamento. Seis meses depois, contrariando qualquer diagnóstico, o jogador anunciava seu retorno ao futsal para defender o Sorocaba, a convite de Falcão.

Passo a passo, treino a treino, Neto foi reconquistando o seu espaço no futsal. Tornou-se em pouco tempo peça chave no esquema de Fernando Ferretti no Sorocaba. No último domingo, o jogador de 35 anos comemorou o primeiro gol marcado e o primeiro título conquistado após o retorno as quadras. Emocionado, relembrou todos os momentos que passou nos 10 meses de um 2017 especial. Afinal, o ser humano Neto venceu na vida, venceu no futsal e agora é um exemplo de superação a ser seguido.

– Não encaro como uma redenção ou volta por cima. A minha vitória foi lá atrás e quando voltei pude me sentir jogador novamente. Agradeço a Deus por sempre me colocar nesses lugares, não sei se sou merecedor ou se Ele queria me colocar nessas situações para dar valor a tudo. Em toda a minha carreira, por todos os clubes, eu pude ser campeão. Esse meu choro é de 10 meses atrás, é o mesmo choro de ter a certeza que eu estaria sorrindo e é mais um passo dado na minha carreira. Eu queria curtir, nunca desfrutei jogando bola e agora posso fazer isso – desabafou em entrevista após a partida.

Yuri Gomes

Neto conquistou junto ao Magnus seu primeiro título após vencer dois tumores

O título veio com uma série de ingredientes: casa cheia, confusão, gol, expulsão e quebra de tabu. Derrotado na primeira partida em São Paulo, o Sorocaba precisava vencer no tempo normal para forçar a prorrogação. A goleada por 5 a 1, com direito a gol de Neto, levou a partida para o tempo extra, que começou com gol do Corinthians. Porém, o placar final apontou 4 a 2 para o Sorocaba e o título garantido para o time do interior paulista.

– Meu título mais saboroso foi alguns meses atrás, esse ninguém vai tirar e ultrapassar. Tem um sabor especial por tudo, é poder dar um beijo na minha filha. Em janeiro eu não sabia nem se poderia abraçar ela novamente, então todo aquele medo que eu tive com a cirurgia se transformou em força. Meu propósito é maior do que jogar, isso é segundo plano. Estou aqui para passar uma mensagem, a de que tudo é possível. A cura está na gente – disse.

Neto ainda pode assegurar o segundo título na temporada, já que o Sorocaba enfrenta a Assoeva nas quartas de final da Liga Nacional. Campeão ou não, Neto certamente deixa cada partida vitorioso, com o sentimento de desfrutar o maior título de todos: a vida.

Yuri Gomes

Neto conquistou junto ao Magnus seu primeiro título após vencer dois tumores