Neste sábado (13/10) começa a batalha no Paraná por uma vaga entre os oito melhores times da Liga Nacional de Futsal. Cresol/Marreco e Pato Futsal medem força no Ginásio Arrudão, em Francisco Beltrão (PR), às 11 horas, em mais uma edição do Clássico das Penas, agora, pelas oitavas de final da LNF, ao vivo no SporTV.

Divulgação

Sérgio Lavarda, presidente do Pato, e Paulinho Gambier, técnico do Marreco, durante programa local antes do Clássico das Penas

A maior rivalidade do futsal brasileiro está agora em um cenário de grande visibilidade, pois é o primeiro cruzamento entre as equipes na competição nacional. Sabendo da realidade, as duas equipes não querem assumir nenhum tipo de favoritismo para os playoffs.

Na segunda-feira à noite, 8, o presidente do Pato Futsal, Luiz Sérgio Lavarda, o Lavardinha, o técnico do Cresol/Marreco, Paulinho Gambier, participaram do programa Bate Bola, da TV Sudoeste (Rede TV), ao lado dos jornalistas Tiago Tessaro e Juliano Mitrut, com apresentação de Inelci Matiello. Os representantes das equipes mantiveram o respeito pelo adversário, mesmo sabendo da responsabilidade de enfrentar o maior rival nas oitavas.

José Delmo Menezes Júnior

Ginásio Arrudão, em Francisco Beltrão (PR), será o palco do Clássico das Penas

“Favorito não existe, são duas grandes equipes. Mas eu acredito muito no Pato, acho que podemos vencer o Marreco, coisa que não fizemos esse ano ainda. É mais um desafio para o Pato nesta temporada. São duas grandes equipes, que vivem momentos especiais depois da entrada na Liga Nacional. Infelizmente nos cruzamos no mata-mata, só que isso faz parte, pois pra um time ser campeão é preciso passar por todo mundo”, disse Lavardinha.

O técnico do Marreco, Paulinho Gambier, elogiou o desenvolvimento do futsal paranaense e a expansão dentro da Liga Nacional. “A Federação está de parabéns por fazer crescer tanto o nosso futsal no Paraná, pois todas as equipes paranaenses estão fortes na Liga. Sobre o Clássico das Penas, não temos que ficar achando favorito, pois são duas grandes equipes, que buscam o título da Liga Nacional, uma competição bastante equilibrada, que mudou muito de uns anos para cá e para melhor, está mais competitiva e atrativa ao público”, complementou Paulinho Gambier.

José Delmo Menezes Júnior

Paulinho Gambier no comando do Marreco na Liga Nacional de Futsal 2018

Gambier e Lavardinha já jogaram juntos

Em 1991, Lavardinha e Paulinho Gambier foram companheiros de equipe no Grêmio Industrial Pato-branquense, na disputa do Campeonato Brasileiro. “Nós dois jogávamos de pivô, mas eu era aquele estilo mais antigo, de referência, e o Lavardinha era daquele estilo não tão comum na época, de chegar pelas alas, com muita habilidade”, lembra-se Paulinho, que estava encerrando a carreira quando Lavardinha estava começando. “Nós temos fotos e vídeo que comprovam essa história”, acrescenta o presidente do Pato Futsal, o Lavardinha, que foi atleta da equipe até 2008.