O típico “boa praça”, vive a vida do seu jeito e procura felicidade sem se importar com os costumes e tradições estabelecidos pela sociedade. Essas são algumas características do dirigente Paulo Rocha, ou, Português como é conhecido em Cascavel.

Marcos Pi

Paulo Rocha completa 10 anos de Cascavel

Em 2019 ele completa uma década prestando serviço ao Cascavel Futsal. Nesses 10 anos, ele já foi auxiliar técnico, auxiliar médico, repórter, distribuidor de placas publicitárias, às vezes pai, às vezes irmão e claro, dirigente de futsal.

Apesar do apelido ser Português, Paulo Rocha é nascido em Lourenço Marques, cidade que hoje é chamada de Maputo, capital de Moçambique. Ele viveu em seu país de origem até o começo de sua adolescência, quando se mudou para Oeiras, cidade metropolitana de Lisboa, em Portugal.

Como ele não tinha muita intimidade com a bola nos pés mas gostava muito de esporte, Paulo Rocha passou a ser dirigente. Em Portugal, ele integrou a equipe da Frames, Arcada, Sassoeiros, e antes de vir para o Brasil, ele ficou por duas temporadas no Sporting de Lisboa.

Nesses 10 anos de Cascavel Futsal, ele fez parte dos títulos estaduais de 2011 e 2012, e também estava na conquista dos jogos abertos do Paraná em 2015.