Ser jogador profissional é o sonho de quase toda criança que nasce no Brasil. E a chance de atuar na Europa, com toda fama e glamour que envolve o Velho Continente, é uma ambição ainda maior para muitos deles. Pois é justamente esse caminho, que uma grande promessa do futsal jaraguaense está prestes a trilhar. De malas prontas, Andrew Zapella, de 16 anos, embarca nesta quinta-feira (5) para Itália, onde defenderá a Roma, um dos clubes mais tradicionais do mundo.

Eduardo Montecino

Revelação do Jaraguá segue para a Europa

Lá, o jovem atleta espera aprimorar ainda mais o talento que já apresentou em quadras brasileiras. Com início da formação feita na Escolinha Xoxo 10, o fixo esteve os últimos seis anos na base do Jaraguá Futsal, conquistando inúmeros títulos e tornando-se um dos grandes nomes das equipes menores do aurinegro.

Apesar do futuro sonho em jogar profissionalmente pelo clube da cidade natal, a oportunidade de ir para Europa tão cedo, falou mais alto. Uma mudança radical, mas vista como o momento certo, principalmente pelo planejamento traçado pela família. Há cerca de dois anos, o pai Gredson Zapella, 40, iniciou a busca por documentos para adquirir a cidadania italiana.

Eduardo Montecino

Pai Gredson (E) e mãe Jussara (D) planejam um futuro de sucesso para o filho nas quadras

Com a papelada em mãos, o processo seguinte foi enviar vídeos do filho captados ao longo da carreira, para algumas equipes italianas. Não demorou muito até a maioria dos times se interessarem pelo potencial do garoto.

A investida da Roma, porém, foi a que mais chamou atenção por três motivos: o forte trabalho de base do clube da capital italiana, o auxilio nas despesas de moradia e no processo de cidadania, além de um grande contrato de formação até Andrew completar 24 anos.

Eduardo Montecino

Andrew vinha se destacando na base do Jaraguá Futsal

“Sempre foi um sonho ser jogador, no Brasil ou fora daqui. Quando surgiu a oportunidade na Itália, não pensei duas vezes. Um dia posso voltar e vestir a camisa do Jaraguá profissionalmente, mas meu pensamento agora está na Europa e quero ser muito feliz lá”, destaca o atleta.