Depois de mais de quatro meses realizando apenas trabalhos de fisioterapia devido a uma cirurgia no ligamento do joelho, Carlos Ronaldo Vieira Ravalha (Ronaldo), pivô da equipe Copagril/Sempre Vida/Sicredi/Marechal Cândido Rondon, já apresenta um grande avanço em sua recuperação e realiza alguns treinamentos com bola junto aos demais atletas. O jogador sofreu uma grave lesão no ligamento cruzado anterior do joelho no dia 23 de maio deste ano, no Ginásio Ney Braga, contra o Paranavaí, pelo Campeonato Parananense Série Ouro, e precisou passar por um procedimento cirúrgico, o que o obrigou a ficar afastado dos trabalhos com a equipe por mais de quatro meses.

Afastado

Logo no diagnóstico inicial da lesão ficou constatado que o atleta não poderia mais jogar nenhum jogo nesta temporada, mas apesar de se abalar no início com as notícias ruins, Ronaldo vem encarando os treinos de recuperação com paciência. “Foi muito ruim receber a notícia de que não poderia mais jogar esse ano, por eu nunca ter sofrido nenhuma lesão nesses anos que estou jogando. Mas estou enfrentando isso com muita paciência, pois sei que esse processo é demorado mesmo”, enfatiza o pivô da Copagril Futsal. Ronaldo também comenta que o período de recuperação parece interminável, mas que agora o foco é se recuperar bem. “O tempo de recuperação é um problema, pois parece que não passa. A ansiedade é inevitável para quem é um atleta, mas no momento só penso em me recuperar bem e voltar o melhor possível”, destaca o pivô.

Tainã Felipe Cerny

Ronaldo está de volta aos treinos depois de 4 meses afastado

Voltando aos treinos

Conforme o fisioterapeuta da Copagril Futsal, Tiago Duarte Vieira, agora que completou quatro meses de cirurgia, o atleta já vem fazendo trabalhos integrados entre fisioterapia e preparação física. “A gente está treinando a readaptação dele, com trabalhos de agilidade, de coordenação, alguns trabalhos com bola que não envolvam muita intensidade”, menciona o fisioterapeuta. Apesar de apresentar uma boa recuperação, o atleta não deverá jogar nessa temporada e deverá voltar aos trabalhos normalmente na pré-temporada. “Para ele jogar esse ano é difícil, porque tem poucos jogos. Não teria como ele treinar e pegar ritmo de jogo. Mas na pré-temporada ele já iniciará os trabalhos 100% com o grupo”, garante Tiago Duarte.

Ronaldo destaca que ainda não está em condições de jogo, mas reconhece a grande evolução em sua recuperação. “Ainda sinto algumas dores no joelho, mas isso é normal. Sei que o fisioterapeuta Tiago e o preparador físico, Raphael Martins, estão fazendo o melhor para minha recuperação. Minha evolução é diária e estou muito feliz por isso”, finalizou, esperançoso, o atleta Ronaldo.