Ulisses Castro

Ambas as equipes estão invictas na competição.

A ACBF tem mais um jogo importante pela LNF. Em meio aos últimos ajustes para a estreia na Libertadores, o time laranja joga neste sábado, às 18h, contra o Joinville, em casa.

Ambas as equipes estão invictas na competição. Os catarinenses têm seis pontos em duas rodadas, enquanto a ACBF soma quatro pontos em dois jogos. Para a Laranja Mecânica, a partida vale muito mais do que os três pontos. Além de um confronto direto, também pode servir de preparação para a Libertadores, que começará no dia 15.

Por isso, o grupo trabalha forte para manter a concentração para o jogo contra o Joinville sem tirar o foco da Libertadores. “A única forma da gente tentar aliar as duas coisas é reconhecer a importância do jogo, que é um clássico nacional, e utilizá-lo como uma forma de se preparar para uma competição do nível que a gente vai encontrar”, comentou o capitão Bruno Souza. “A gente só fez dois jogos oficiais neste ano. Quanto mais jogos fizermos, melhor. Por isso, esse jogo de sábado tem muita importância. Um clássico, contra uma grande equipe, às vésperas da Libertadores. Tudo isso soma e não tem como separar e priorizar uma competição. Não tem como já pensar na Libertadores. Temos que achar uma forma de agregar as duas coisas”, completou.

Bruno Souza já tem muita experiência em jogar a LNF, próxima da Libertadores. Nas edições de 2017, 2018 e 2019, que foram as temporadas que a ACBF conquistou o torneio continental, o time laranja enfrentou maratonas de jogos antes da estreia. Agora, a situação é diferente, pois o número de jogos antes da competição internacional é bem menor. “Nos outros anos, a sequência grande de jogos tinha o seu lado bom, pois nos permitia chegar mais bem preparado na Libertadores com o ritmo de jogo e com nível de competição aflorado. O lado negativo era o desgaste físico, pois na Libertadores são seis jogos em sete dias. Então, o nível de desgaste é grande. Esse ano vamos para a Libertadores, tendo disputado só três jogos oficiais. Nada melhor do que ter um jogo como o de sábado, que vai nos exigir muito, antes de uma competição dessa”.