De um lado uma equipe tradicional e experiente. De outro, uma jovem e valente. Assim foi o duelo entre a ACBF, primeira colocada na fase classificatória, e Joaçaba, a oitava, na edição do ano passado da LNF. Os gaúchos levaram a melhor por 2 a 1, mas os catarinenses venderam caro a eliminação. As emoções desse encontro o torcedor poderá reviver domingo, às 11h, pela TV Brasil.

Ulisses Castro

ACBF venceu o Joaçaba e avançou às quartas da LNF2019

Os gols da partida foram marcados por Lé e Pesk, pela ACBF, enquanto Yan descontou para os visitantes. “O gol que eu fiz foi o último naquela Liga, pois estava ainda me recuperando de uma lesão sofrida na Libertadores. Tentei me recuperar, mas não pude ajudar a equipe nos duelos contra o Pato, infelizmente”, recorda Pesk. O enfrentamento de opostos praticamente se nivelou pelo comportamento do Joaçaba na casa do adversário.

“É muito difícil vencer a ACBF na casa deles. Lembro que entramos com uma pegada diferente. Sabíamos que poderíamos classificar. Ditamos o ritmo de jogo, mas infelizmente não conseguimos a classificação”, lamenta Jhony, do Joaçaba.

“Foi uma partida muito disputada, com oportunidades para as duas equipes. Isso só mostra como a LNF é bem disputada” afirma Yan, do Joaçaba. Equilíbrio no jogo e no desperdício das oportunidades. Mais experiente e com o apoio da torcida em Carlos Barbosa, mesmo quem saiu vencedor, reconhece a adversidade encontrada.

Ulisses Castro

ACBF e Joaçaba fizeram uma disputa muito equilibrada pelas oitavas da LNF2019

“A equipe dele era muito jovem e rápida e precisamos fazer uma marcação boa. Aproveitamos e fizemos os dois gols em contra-ataque”, lembra Lé, da ACBF. Opinião parecida ao do colega Pesk. “A gente sabia da qualidade do time deles. Um time jovem e com bons jogadores. E a gente tinha uma característica de saber sofrer o jogo”.

A TV Brasil reprisa, neste domingo às 11h, essa grande partida das oitavas de final da LNF2019. O início da competição deste temporada segue suspenso devido a pandemia do COVID-19.