Edson Castro

Cléber fez os dois gols do Atlântico na vitória diante do Marreco na estreia da LNF 2020

Com protocolo sanitário bastante rígido, a Liga Nacional de Futsal (LNF) iniciou neste final de semana, após quase cinco meses de espera. E neste domingo, o Atlântico conseguiu venceu o Marreco em sua estreia, por 2 a 0, dois gols de Cléber, ambos na etapa final.

Com isso, a equipe soma os três primeiros pontos na tabela de classificação, pelo Grupo B da primeira fase. “Primeiro jogo é normal a ansiedade, algumas coisas não acontecerem como prevíamos, mas foi importante começar e somar a vitória”, salientou o treinador Giba.

O autor dos gols da partida era só alegria ao fim do jogo. “Ano passado na estreia da LNF, também marquei dois gols e espero que siga assim”, disse. “Importante começar vencendo, sempre motiva um pouco mais”, ampliou.

O fixo Grillo destacou um dos pontos que vão se tornar rotina ao menos por algum tempo: a falta de público nos ginásios. “Certamente eles gostariam de estar aqui e nós queríamos que eles estivessem. Mas a gente agradece o pensamento positivo, isso é importante para que possamos seguir na temporada em busca de bons resultados”, completou.

Pela LNF, o Galo deve voltar a quadra na próxima quinta-feira, dia 27, diante do Blumenau.

O jogo

Com cinco meses sem jogar, Atlântico e Marreco retomaram a temporada neste domingo. E o primeiro tempo teve um ritmo um pouco menor. O Galo conseguiu criar algumas boas oportunidades, mas a etapa terminou mesmo sem gols.

Já no segundo tempo, o domínio do Atlântico ficou mais evidente. A equipe passou a ter boa postura ofensiva e criar importantes chances de abrir o placar.
Até que aos 14min21, Cléber recebeu pela esquerda e da entrada da área chutou forte, sem chances para o goleiro Carlos: 1 a 0.

O Marreco que já havia estourado limite de faltas na primeira etapa, voltou a casa das cinco infrações na etapa complementar. A 18min06, sexta falta a tiro livre para o Galo. Desta vez o goleiro Carlos conseguiu evitar o segundo gol, defendendo cobrança de Silva.

O Marreco passou a ter Beto como goleiro linha na reta final do jogo. E aos 18min58, Cléber aproveitou a roubada de bola no ataque adversário e chutou de longe para definir o placar do jogo em 2 a 0.