O ala Cabreúva vê um grau de dificuldade maior à Intelli para reverter a vantagem conquistada pelo Magnus no jogo de ida das quartas de final da Liga Nacional de Futsal. Para se classificar à semifinal, o time grená precisa vencer no tempo normal e na prorrogação. Em caso de empate no tempo extra, a vaga será decidida nos pênaltis.

Luan Amaral

Cabreúva alinhado para o hino

Nas oitavas, a situação era a mesma diante do Minas e os orlandinos conseguiram reverter em São Sebastião do Paraíso. Porém, o Magnus de Falcão, rival neste sábado, é reconhecidamente um adversário mais difícil.

– Sabemos das dificuldades. Já conseguimos reverter o resultado contra o Minas, mas agora é muito mais difícil, tem jogadores de seleção brasileira do outro lado, campeões do mundo. Mas nosso time tem qualidade, temos a plena consciência que temos possibilidade de virar o jogo – comentou Cabreúva, que acredita estar na paciência a chave para o sucesso da Intelli diante do Magnus.

Luan Amaral

Intelli x Magnus marca o encontro de craques

– Eles têm 50 minutos garantidos. Nós temos 40 minutos para ganharmos mais 10, na prorrogação. Por isso temos que ter a cabeça no lugar, para ganharmos nos 40 minutos e levarmos à prorrogação.

O jogo contra o Magnus acontece no sábado, às 17h, na Arena Olímpica João Mambrini, em São Sebastião do Paraíso e terá transmissão ao vivo do SporTV.