Marcos Pí

Jorginho fez o primeiro do Cascavel.

Cascavel e Minas fizeram um jogaço pelas oitavas de final da LNF 2020. Em nenhum momento as equipes deixaram de buscar alternativas para sair classificado. O Cascavel fez valer a vantagem do empate na prorrogação e, após o 2×2 no tempo normal, o 1×1 na prorrogação classificou o time do Paraná, que vai enfrentar o Magnus pelas quartas de final.

O primeiro tempo de jogo foi bastante movimentado em Cascavel. A equipe da casa pressionou a marcação visitante desde o começo, mas não conseguia furar o bloqueio da jovem equipe do Minas. O placar só foi aberto no último segundo, numa roubada de bola que sobrou para Jorginho finalizar e abrir o placar para os donos da casa.

A segunda etapa continuou eletrizante, com a equipe do Minas conseguindo virar o marcador com gols do artilheiro Ferro e Ribeiro, em bela jogada, em que girou sobre o marcador para chutar com força. A vantagem dos visitantes permanecia até os 18 minutos da etapa final, quando Carlão deixou tudo igual e levou o jogo para a prorrogação.

Logo no começo da prorrogação, Libânio foi expulso e deixou o Minas com um a menos por dois minutos. No entanto, a equipe do Cascavel não fez valer a vantagem numérica e o placar seguiu sem alteração no primeiro tempo da prorrogação. No segundo tempo, o Minas conseguiu ficar na frente do placar com Henrique, mas Johnny deixou tudo igual para o Cascavel, que tinha a vantagem do empate por ter feito melhor campanha na 1a fase, e garantiu a classificação do time do Paraná para as quartas de final.