Yuri Gomes

Deives abriu o placar para o Corinthians.

Com um a menos e gol no fim, Corinthians vence Magnus e garante vaga na Libertadores de Futsal 2021.

O Corinthians venceu o Magnus por 3 a 2 na edição especial da SuperCopa de Futsal neste domingo à tarde. Com gols de Deives, Jackson Samurai e Leandro Caires, o Timão garantiu a vitória e uma vaga para a Libertadores de Futsal.

Vale lembrar que as equipes se enfrentaram pela vaga na competição continental já que o torneio de 2020 foi cancelado pela Conmebol. Assim, a Confederação Brasileira de Futsal definiu que o Corinthians, campeão da SuperCopa no ano passado, e o Magnus, campeão neste ano, definiriam que ocuparia a única vaga brasileira para o campeonato.

Logo no primeiro minuto de jogo, o Corinthians construiu um ótimo contra-ataque puxado pelo Batalha. O estreante Tatinho encontrou Deives, que não bobeou na hora de finalizar e abriu o placar para o Corinthians. O jogo seguiu muito disputado e as equipes faziam transições muito rápidas. Assim, o Magnus não demorou para empatar numa cobrança de escanteio em que o goleiro Careca não conseguiu defender e acabou desviando a bola para dentro do gol. Em três minutos de jogo, o placar estava igualado em 1 a 1. No decorrer da primeira etapa, Guilhermão entrou em quadra e foi um dos jogadores mais acionados pelo Corinthians. O pivô alvinegro levou perigo em nas chegadas que teve ao gol do adversário. Nos dez minutos finais, a intensidade vista no início do confronto acabou caindo pelo cansaço dos jogadores. As chances de gol criadas, tanto pelo Timão, quando pelo Magnus, foram pouco frequentes. O Corinthians ainda teve uma chance numa cobrança de falta a três minutos do final da primeira etapa, mas a equipe não teve sucesso na batida.

A etapa complementar da partida também começou disputada. Enquanto o Magnus pressionava, a equipe do Corinthians conseguia bons e rápidos contra-ataques. O resultado disso podia ser visto no número de faltas: em quatro minutos de jogo, o Magnus havia cometido quatro infrações contra uma do Corinthians. O Timão utilizou muito bem Éder Lima. O goleiro Careca buscou algumas ligações diretas com o pivô alvinegro para tentar desafogar a saída de bola do Corinthians. Além disso, Éder Lima também deu muito trabalho para a marcação adversária. A 14 minutos do fim da partida, o Magnus marcou a quinta falta, o que garantiu ao Corinthians um tiro livre a partir de qualquer cobrança na sequência da partida. Assim, a marcação da equipe de Sorocaba precisou ficar muito mais atenta nas marcações. No lance seguinte, Danilo Baron, do Magnus, cometeu uma falta em Deives e acabou levando um cartão amarelo, e assim, concedeu ao Corinthians um tiro livre. Os atletas alvinegros pediram uma expulsão por agressão, mas a arbitragem não entendeu dessa maneira. Assim, Jackson Samurai realizou a cobrança do tiro livre e virou a partida para o Timão. A equipe de Sorocaba conseguiu empatar o duelo a 11 minutos do fim da partida. Lucas Gomes arriscou de longe e marcou um golaço no Parque São Jorge. Ainda houve um princípio de confusão quando o jogador adversário provocou os reservas do Corinthians. O técnico André Bié reclamou com a arbitragem, que colocou panos quentes na situação.

Nos minutos seguintes, o Magnus incendiou a partida após empatar o duelo. Assim, o goleiro Careca foi decisivo para garantir que o Corinthians não sofresse qualquer novo gol na partida e a partida ficou tensa, sem espaço para erros. Deives, contudo, aproveitou o erro do adversário e rolou a bola para <strong>Leandro Caires. O experiente jogador manteve a frieza e foi o responsável por colocar o Timão novamente a frente no placar. Os minutos finais ainda foram de muita tensão, principalmente após a expulsão de Éder Lima por uma entrada acima do tom. Mas nada mudou: Corinthians 3 a 2 e a classificação para a Libertadores de Futsal 2021 garantida.