Com um jogo disputado pelo time profissional do Corinthians, o lateral-esquerdo Lucas Piton tem uma história e tanto no clube. E essa história continuará sendo escrita na Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2020. Revelado nas categorias de base do futsal do clube, o jogador chega com um dos principais destaques do time de Dyego Coelho.

Agência Corinthians

Lucas Piton foi revelado no futsal do Corinthians e agora defende o clube no campo

Piton foi campeão do mundo com o Corinthians logo em seu primeiro ano de clube, em 2016, usando a camisa 6 e com 16 anos. À época, o Timão venceu o Barcelona na final do Mundial de Clubes de futsal sub-18. Pouco depois, o garoto teve de escolher entre o campo e a quadra.

Ao GloboEsporte.com, o jogador relembrou sua passagem pelas quadras do Parque São Jorge e do mundo com a camisa alvinegra. Anos mais tarde, é a referência da lateral esquerda da base do clube. Para o técnico Dyego Coelho, Piton já é um jogador “quase completo”.

“O Lucas a gente já sabe como funciona. É um menino que tem muita qualidade técnica. Tecnicamente muito forte. Precisa ter mais atenção e está melhorando nisso, na parte defensiva. Isso já o torna quase um lateral completo”, disse o técnico.

E os planos do Corinthians?

Depois de passar a temporada de 2019 treinando com o elenco profissional e estreado na Arena Corinthians em dezembro, na última rodada do Campeonato Brasileiro, com assistência, Piton deve ser avaliado pelo técnico Tiago Nunes e sua comissão após o término da Copinha.

Se chegar à final do torneio de base, o jogador ficará à serviço do sub-20 do Corinthians até ao menos 25 de janeiro, período no qual o elenco principal já estará na reta final da pré-temporada. Piton não vai, por exemplo, viajar com o time para o Torneio da Flórida.

Mesmo assim, o garoto de 19 anos deve integrar o elenco profissional do Corinthians em 2020, assim como outros garotos. Atualmente, Carlos e Danilo Avelar estão à sua frente na briga pela vaga.