LNFS

Barcelona comemora classificação

A última vez que o hino da Liga dos Campeões soou no Palau foi na final da última edição, em que o Barça conquistou o terceiro título continental da sua história numa noite memorável. Meses depois, o mesmo palco foi vestido novamente para receber uma daquelas partidas que, apesar de não ser uma final ‘de facto’, poderia ser perfeitamente assim se olharmos para o nível e os elencos de ambas as equipes. E o Barça conseguiu vencer o ACCS Asnières Villeneuve 92 para se qualificar para a Final a Oito. Os gols de Ferrão e Ximbinha traçaram o gol inicial de Edu.

Com esta vitória, o Barça volta a figurar entre as 8 melhores equipes da Europa, e procurará conquistar a glória em Minsk, numa fase final que será disputada num único local no final de abril. Sem empate, a equipe de Andreu Plaza enfrentará o esloveno Dobovec, equipe com o pior coeficiente que conseguiu derrotar o Cazaquistão Aktobe nas oitavas de final. Os azulgranas seguem assim com um passo firme para alcançar a tão sonhada 4ª Liga dos Campeões da sua história, que seria a 2ª consecutiva.

Depois de vencer o ACCS, Andreu Plaza e Ferrão expressaram seus sentimentos em entrevista coletiva após a qualificação e em vista da Final a Oito. “O futsal na Europa está recuperando bastante, como ficou claro nestas oitavas de final, estamos muito ansiosos para tentar fazer história e ganhar dois campeões em uma temporada, mas temos que respeitar todos os rivais e, acima de tudo, a competição “.

“A qualificação dá-nos tranquilidade para o futuro imediato, sabemos que temos sempre exigências para vencer, mas o que não é negociável é competir bem e mostrámos que somos uma equipa madura que sempre se levanta nos momentos-chave, “disse o treinador do Barça, que não confia em Dobovec. “É uma equipe muito física, a base da seleção eslovena, vai ser um osso duro de roer”, concluiu.