Os goleiros Henrique e João Paulo, além dos jovens Felipe Mello e Evandro “Peixe”, serão as opções do Foz Cataratas na posição para os desafios da temporada 2020. Os quatro goleiros tiveram contratos renovados e permanecerão defendendo o representante iguaçuense.

Nilton Rolin

Henrique é o goleiro titular do Foz Cataratas

De todos os goleiros, Henrique Rafagnin foi o que esteve mais tempo em quadra em 2019, atuando em 66 jogos e marcando três gols. As boas atuações do arqueiro renderam uma convocação para a Seleção Brasileira, pela qual foi campeão da Zona Sul da Liga Sul-Americana, em setembro, em Buenos Aires, na Argentina.  “Entrei em acordo com o presidente Adélio e decidimos pela minha permanência por mais um ano no Foz Cataratas. Fico feliz em poder representar a minha cidade mais uma vez, onde dei os primeiros passos no futsal. Os goleiros foram importantes para o time no ano passado e creio que foi acertada a permanência de todos por mais um ano”, explicou o iguaçuense de 27 anos.

João Paulo, de 30 anos, é outro nome de destaque no elenco. “Estou muito feliz e motivado em minha quarta temporada no clube. Os colegas da posição e o preparador Ney Lopes são profissionais sensacionais e só tenho elogios a eles. Espero ter muito sucesso em nosso trabalho, com dedicação e esforço para representar essa grande equipe”, comentou.

Nilton Rolin

Goleiro João Paulo também teve o vínculo prorrogado no Foz Cataratas

O jovem Felipe Mello é mais uma opção. Com 20 anos recém-completados, o goleiro chegou ao clube em abril do ano passado para integrar a categoria de base, mesmo assim atuou em 19 partidas pelo time principal. Foi decisivo no jogo da volta das semifinais da Série Ouro ao defender duas cobranças de pênaltis contra o Umuarama. “O ano passado foi um período de aprendizado e de sonhos realizados com a camisa do Foz Cataratas. Eu sempre gostei de treinar cobranças de tiros livres e pênaltis. As defesas no jogo decisivo diante do Umuarama serão inesquecíveis em minha vida. Estou feliz por fazer parte do elenco também em 2020. Estar ao lado de pessoas que são minhas referências vai agregar muito para a minha carreira”, frisou.

Nilton Rolin

Felipe Mello e Peixe também seguem no Time das Três Fronteiras

Completando o quarteto, Evandro Rafagnin, o Peixe, também de 20 anos, entra em sua quarta temporada no Foz. Depois da recuperação de uma cirurgia no joelho esquerdo, ele foi chamado para defender a equipe em quatro jogos. “Estou muito motivado para o meu primeiro ano como profissional. Espero que seja um período de conquistas individuais e coletivas. A disputa será sadia, e o treinador terá a missão de escolher quem vai jogar”, afirmou.