O pivô Gessé marcou no jogo diante do Cascavel, na última semana, seu primeiro gol pela Liga Nacional de Futsal (LNF) nesta temporada. Feliz, comemorou muito durante o jogo e nesta semana falou sobre a importância daquele momento. “Feliz por ter marcado, eu estava ajudando a equipe em algumas outras situações, mas sempre é bom marcar gol também, embora o mais importante é a conquista dos três pontos. Precisamos dar continuidade a este trabalho em busca da classificação para a próxima fase”, frisou.

Gessé também projeta a sequência de jogos que o Galo fará fora de casa pela primeira fase da LNF. No sábado, dia 19 e na segunda-feira, dia 21, a equipe enfrenta Cascavel e Foz Cataratas, respectivamente, agora já no returno do Grupo B. “Serão dois jogos difíceis, contra adversários de alto nível. Nós estamos nos concentrando muito nos treinos da semana, nos preparando da melhor maneira para chegar lá e fazer dois bons jogos”, acrescenta.

O pivô salienta ainda a campanha que o Atlântico tem feito até agora na LNF. “Estamos em uma chave bem difícil, onde o nível das equipes é muito bom e estar ali na frente é importante visando a busca pela vaga à próxima fase. Agora é tentar pontuar nestas partidas fora para ficar um pouco mais perto do objetivo que é classificar”, pondera o pivô.

Por fim, Gessé destaca a ausência do torcedor nos jogos. “É muito diferente, a gente sente falta, claro que sim. O torcedor nos traz a emoção, motivação, estão sempre apoiando, mas quem sabe mais para frente tudo isso passe e possamos tê-los novamente conosco”, completa Gessé.

Edson Castro

Gessé balançou as redes no último jogo do Atlântico