Dia 15 de janeiro aconteceria a licitação das lanchonetes dos ginásios de Francisco Beltrão (PR), mas pela falta de documentos, o processo foi adiado para esta sexta-feira, dia 24. O Marreco Futsal aguarda essa decisão para divulgar os planos de sócio-torcedor, afinal, o time ainda não sabe em qual ginásio vai jogar.

José Delmo de Menezes Junior

Ginásio Arrudão vem sendo a casa do Marreco Futsal

A ideia da diretoria é ganhar a licitação para administrar uma das lanchonetes e, assim, ter mais uma opção de renda para o clube. “Estamos entre o Arrudão e o Sarará. O melhor seria o Arrudão. Onde a gente ganhar a licitação, vamos jogar no ginásio. Caso a gente não ganhe, queremos negociar com quem ganhou a licitação para buscar uma parceria. Algumas empresas não tinham todas as documentações e por isso a licitação foi adiada”, afirma Ivo Dolinski, presidente do Marreco Futsal.

“Dia 24 agora vai ter a licitação, estamos concorrendo a duas praças esportivas, Arrudão e Sarará. Fizemos uma boa proposta para tentar administrar a lanchonete. Queremos jogar no Arrudão, que é a nossa casa, mas não descartamos outras possibilidades”, avalia Ricardo Ronqui, gerente de futsal do Marreco.

Apresentação

Ricardo Ronqui também comentou sobre a apresentação do Marreco para os desafios da temporada 2020. “A partir de 10 de fevereiro, os jogadores se apresentam. Vai ser feita uma apresentação oficial dos jogadores e comissão técnica. Estamos nos preparando para três competições importantes – Liga Nacional, Liga Paraná e Série Ouro do Paranaense. Teremos um grupo competitivo, que vai trazer grandes alegrias para o torcedor”, disse.