Orlando Bento

Clube repete ação realizada em 2020

O Programa Minas Tênis Solidário promove, no dia 11 de março, em parceria com a Fundação Hemominas, a quarta ação de coleta de sangue, no Salão de Festas do Centro de Facilidades do Minas I, na Rua da Bahia. O sangue coletado ajudará a abastecer os estoques do banco do Estado, prejudicado pela pandemia do novo coronavírus. Serão atendidos 50 candidatos a doadores, que devem fazer o agendamento clicando aqui ou entrando em contato pelo telefone 3516-2003.

Mas, atenção. Antes de agendar a sua doação de sangue, é necessário ficar atento aos critérios a seguir:

Ter idade entre 16 e 69 anos. Jovens de 16 e 17 anos podem doar acompanhados pelo responsável legal ou portando autorização do mesmo (modelo disponível no site mg.gov.br). A partir de 61 anos, o candidato à doação precisa comprovar a realização de pelo menos uma doação anterior.

Apresentar documento original de identidade.

Fazer o desjejum e tomar bastante líquido antes da doação.

Estar com a saúde plena, sem qualquer sintoma, mesmo que leve.

Não ter feito doação há menos de 90 dias (mulheres) e 60 dias (homens).

Ter dormido, no mínimo, quatro horas, à noite.

Caso tenha tatuagem ou maquiagem definitiva (sobrancelha e lábios), deve aguardar um prazo de 12 meses para doar sangue.

Estar sem febre (a temperatura será aferida na triagem e não pode exceder 37ºC).

Doação de medula óssea

Nesta quarta edição da ação em parceria com o Minas Tênis Solidário, o Hemominas também realizará o cadastro de possíveis doadores de medula óssea, coletando mais um tubo de sangue para análise de compatibilidade dos candidatos que passarem na triagem e tiverem feito o  pré-cadastro no aplicativo do REDOME (Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea). Quem tiver interesse em se cadastrar deve baixar o aplicativo, que está  disponível para Android e IOS. No dia da coleta do sangue, os funcionários do Hemominas completarão os dados necessários no sistema, e o candidato assinará um termo de consentimento, além da lista de presença. O cadastro de doadores de medula óssea é feito uma única vez e por pessoas com idade entre 18 e 55 anos.