O Pato venceu o Sorocaba por 3 a 2, na tarde deste domingo, no ginásio Dolivar Lavarda, a “Patolândia, em Pato Branco, no Paraná, em confronto válido pela partida de ida da final da Liga Nacional de Futsal (LNF). Hulk, Felipinho e Denner marcaram os gols do Pato, que abriu vantagem de três gols no placar. Eder Lima e Leozinho descontaram, mas não evitaram a derrota do time paulista.

Mauricio Moreira

Jogadores do Pato comemoram gol de Denner no primeiro tempo de jogo

A vitória dá ao Pato a vantagem do empate no tempo normal na segunda partida. Sem saldo de gols no regulamento da LNF, qualquer vitória do Sorocaba leva a decisão para a prorrogação. No tempo extra, o time paulista tem a vantagem do empate por ter melhor campanha na competição. Pato e Magnus decidem o título da Liga Nacional no próximo domingo, às 11h, na Arena Sorocaba.

Com muita intensidade e faltas, Pato e Magnus começaram a partida em bom ritmo em um ginásio completamente tomado por torcedores do time paranaense. Após conseguir segurar a pressão inicial dos donos da casa, o Sorocaba viu o Pato assustar pela primeira vez e em dose dupla: Jhow e Tom finalizaram com perigo. A resposta do time paulista veio com Danilo Baron, que parou em grande defesa de Djony.

O alto número de faltas no início do jogo fez o Sorocaba cometar a sexta infração e dar a chance do tiro livre ao Pato. O goleiro Hulk foi para cobrança e abriu o placar. Lucas Oliveira chegou a tocar na bola, mas não conseguiu evitar o gol do time paranaense.

Em vantagem e com ainda mais pressão do seu torcedor, o Pato conseguiu ampliar com Felipinho, que recebeu belo passe de Chimba, e tocou na saída do goleiro.

Na volta do intervalo, o Pato manteve o ritmo e levou menos de três minutos para ampliar. Neguinho recebeu passe no fundo da quadra, passou pela marcação e tocou na saída do goleiro Lucas Oliveira. Denner tocou na bola em cima da linha e marcou o terceiro do time paranaense.

Em desvantagem, o Sorocaba lançou Leandro Lino como goleiro-linha. Nos primeiros minutos da nova estratégia, o time paulista conseguiu descontar com Eder Lima, que acertou chute no ângulo do goleiro Djony.

Guilherme Mansueto

Eder Lima balançou a rede para o Magnus no primeiro jogo da decisão

O time paulista seguiu com o goleiro-linha e marcou o segundo Leozinho, após minutos de pressão e posse de bola. O gol fez com que o jogo ganhasse tom de dramaticidade e pressão do time paulista em busca do empate, mas bem posicionado na defesa, o Pato conseguiu segurar a vitória: 3 a 2.

Pato: Djony; Di Maria, Tom, Chimba e Peru. Entraram: Jhow, Hulk, Felipinho, Neguinho, Denner, Dudu, Robério, Gouvea e Augusto.

Sorocaba: Lucas Oliveira; Kevin, Leandro Lino, Leozinho e Charuto. Entraram: Eder Lima, Walex, Pett, Lucas, Marinho e Danilo Baron.