Ricardo Artifon

Técnico Marquinhos Xavier hoje na Seleção Brasileira, teve passagem por Soledade

Pouca gente sabe, mas o técnico Marquinhos Xavier já viveu parte em nossa região, no município de Soledade. Hoje técnico da Seleção Brasileira de Futsal, morou na cidade em 2005 e treinou a equipe da cidade na ocasião.

O técnico foi entrevistado do programa Na Torcida da Tua Rádio Cristal, onde relembrou a passagem pelo município. “A minha carreira profissional iniciou em 2005. Eu tive uma passagem por Tubarão, na Unesul, depois eu me mudei para Soledade no mês de abril e antes disso eu tive a oportunidade de trabalhar na área técnica, mas preparador físico, auxiliar técnico, mas de fato eu assumi o comando de uma equipe em Tubarão e depois, consequentemente, em Soledade”, declarou.

Marquinhos Xavier falou sobre como surgiu o convite para comandar o time de Soledade. “Eu tinha muita vontade de trabalhar no futsal gaúcho e quando o Cris me fez o convite, de imediato, eu aceitei. Eu me recordo chegando em Soledade de madrugada e foi uma decisão muito acertada, eu nunca tive dúvida de que a minha ida para Soledade, abriu oportunidades. Na minha visão técnica não era um ano para a gente colher alguma coisa, a gente precisava se reestruturar em muitas outras questões. Talvez o ponto chave seja no final de 2005, quando a equipe vivia a dúvida se iria participar em 2006, porém quando ocorreu a definição, em fevereiro, eu já estava vinculado a outro clube. Eu tenho convicção de que se a gente tivesse dado continuidade naquele ano, iriamos em 2006 ter uma campanha para brigar por alguma coisa”, comenta.

Naquele ano, a equipe de Soledade foi eliminada do Estadual pelo Atlântico de Erechim, ficando há um passo de estar na semifinal. Os classificados para a semifinal foram Ulbra, John Deere, ACBF e Atlântico.

Marquinhos Xavier tem 46 anos e é natural de Joinville. Além de Soledade, foi técnico do Palmas Futsal, Marcianise da Itália, Toledo, John Deere, Copagril e ACBF. Assumiu a Seleção Brasileira em 2017. Em sua carreira foi indicado quatro vezes ao Prêmio de Melhor Técnico de Futsal do Mundo, foi Campeão da Liga Nacional em 2015, Tricampeão da Libertadores, Campeão da Taça Brasil, Campeão da Supercopa de Futsal, Campeão do Grand Prix de Seleções, Bi-campeão da Liga Sudamericana e duas vezes Vice-Campeão Mundial de Futsal.