A eleição presidencial do Jaraguá foi apenas protocolar e definiu Flávio Garcia Sartori como o mais novo mandatário do clube. Escolhida por aclamação, já que houve apenas uma única chapa inscrita, a gestão começa, oficialmente, em maio de 2021, com prazo final em maio de 2023. Ele sucede Marcio Hafemann, que chegou ao fim do mandato, assumido no início de 2017. Flávio Sartori terá como vice-presidente Wandair José Garcia, sendo que ambos era diretores do clube desde 2019.

A mais nova alta cúpula do Aurinegro se baseia em três pilares para ter uma jornada de sucesso. O primeiro deles é a montagem de times competitivos para recolocar a equipe no caminho dos títulos.

Lucas Pavin

Atual elenco já é considerado o melhor dos últimos anos

Para 2021, a esperança é de trazer as taças do Estadual, Copa do Brasil e Jasc, além de uma vaga nas finais da Liga Nacional. Mas a principal meta mesmo é conduzir o Jaraguá, no prazo de três a quatro anos, à conquista do tão sonhado Mundial de Clubes, que bateu na trave por quatro vezes na ‘Era Malwee’.

Outro ponto é uma gestão profissional, transformando o time jaraguaense em clube-empresa, com papeis e responsabilidades para cada dirigente, um conselho diretor e fiscal, e pessoas trabalhando na gestão esportiva e administrativa.

Por fim, há o projeto para um grupo de patrocinadores que serão transformados em parceiros estratégicos, que viria unir a paixão do torcedor e empresário de Jaraguá do Sul, juntamente com a Prefeitura. A iniciativa se chama ‘Jaraguá Futsal Social’, que traz um planejamento com várias ações em escolas municipais e entidades da cidade, e programas de eventos que envolva crianças a adolescentes, podendo vir a fortalecer as categorias de base.

“É uma satisfação muito grande estar como presidente do maior clube do salonismo brasileiro. É uma grande honra fazer parte dessa história. Espero que tenhamos uma trajetória vitoriosa e não se faz isso sozinho. Precisamos do apoio e incentivo da iniciativa privada, dos empresários, da comunidade jaraguaense. Não se faz história sem estar de mãos dadas”, destaca Sartori.

Lucas Pavin

Flávio Sartori (E) e Wandair Garcia (D)

Natural de Olímpia, município no interior de São Paulo, Flávio Garcia Sartori tem 38 anos e reside em Santa Catarina desde 2017, vindo a morar em Jaraguá do Sul dois anos depois. Tem sua trajetória profissional atrelada a área educacional e é diretor regional da Unisociesc, uma das principais patrocinadoras do Jaraguá.

Já Wandair José Garcia, de 62 anos, nasceu no Rio de Janeiro e é radicado em Jaraguá do Sul há 22 anos. Trabalhou durante duas décadas anos na WEG, onde atuava como diretor de tecnologia. Hoje é conselheiro, consultor de empresa, investidor e mentor de startup. Sua ligação com o futsal vem como torcedor, além de ser sogro do ex-fixo e agora auxiliar do Aurinegro, Fernando.

Confira os membros gestores

Diretoria

Presidente: Flávio Garcia Sartori (Diretor Regional UniSociesc)

Vice-presidente: Wandair José Garcia (Sócio Diretor NewAgent Consulting)

Secretário: Danielo Gonçalves de Souza (Gerente Adm Banana Brasil)

Tesoureiro: Ademar Possamai (Proprietário Possamai Seguros)

Diretor esportivo: Marcio Hafemann (Representante Sport+)

Diretor social: Adriano Porfirio da Cunha (Gerente Sport+)

Diretor marketing: Charles Volnei (Chefe Mkt WEG Automação)

Diretor relações institucionais: Francisco de Paula – Chico (Diretor Eletropoll)

Diretor tecnologia e inovação: Waldemar Roberti (Sócio Diretor NewAgent Consulting)

Conselho diretor

Presidente: Francis Fachini (Proprietário Fakini Malhas)

Secretário: Franklin Bueres (Proprietário Embloco)

Conselheiro: Alfredo Ibiapina (Proprietário Orcali)

Conselheiro: Leonardo Ferronatto (Diretor Eletropoll)

Conselheiro: Mauricio Escobar (Diretor Grupo Ânima)

Conselheiro: Ralf Bold (Presidente Bold)

Conselheiro: Natália Lúcia Petry (Secretária Municipal)