O pivô Keké, do Atlântico, vive grande fase na carreira. Artilheiro da Liga Nacional de Futsal 2018, com 13 gols, o jogador também tem liderado o bom momento do time de Erechim na temporada. Keké está no sexto ano defendendo as cores do Galo, é um dos jogadores símbolos da torcida e já conquistou títulos expressivos, entre eles, a Libertadores da América e o Mundial de Clubes.

Guilherme Mansueto

Keké vive bom momento com a camisa do Atlântico

O Atlântico tem o melhor ataque da atual edição da LNF, com 53 gols marcados em 11 jogos. Keké tem média de 1,2 gols por jogo. “Nosso time é bem pra frente, gosta de ficar com a bola e cria muitas chances de gol. O time está muito bem treinado, entrosado e comprometido. Estou na ponta da artilharia, mas tenho que dividir com os companheiros, pois nosso time trabalha com a missão de servir o companheiro em quadra”, analisou Keké.

O goleador da LNF 2018 também forma dupla com o vice artilheiro da competição nacional – Café. O ala do Atlântico balançou as redes 12 vezes. “Jogar com o Café é muito fácil, pois é um jogador muito inteligente. O estilo de jogo se completa, ele tem um passe perfeito e eu procuro estar nos atalhos porque tenho certeza que a bola vai chegar. A gente treina bastante para colher os frutos na hora do jogo”, revelou o pivô.

Kaliandra Alves Dias

Jogadores do Atlântico na artilharia da atual edição da Liga Nacional. Keké e Café também lideram o melhor ataque da competição

Com a camisa do Atlântico, Keké já conquistou a Liga Gaúcha, a Liga Sul, a Taça Brasil de Clubes, a Supercopa de Futsal, além da Libertadores da América e do Mundial de Clubes.

O Atlântico busca o primeiro título da Liga Nacional de Futsal. Atualmente, a equipe ocupa a terceira posição na tabela, com 25 pontos. Keké sabe que a Liga Nacional de Futsal premia a regularidade.  “Este ano o grupo do Atlântico conta com vários novos atletas, mas o treinador Giba tem todo mérito, pois conseguiu o entrosamento rapidamente. O elenco foi formado para conquistar títulos e estamos nos preparando para isso, entrando para ganhar cada jogo, cada campeonato”, revelou.

Pela LNF 2018, o Atlântico volta à quadra em 28 de julho, contra o Cascavel, no Caldeirão do Galo. Se depender da boa fase e motivação do artilheiro, gol é o que não vai faltar.