Etsuo Hara/Getty Images

Diego Giustozzi em ação pela seleção argentina: fim do casamento

Atual campeã mundial, a seleção argentina de futsal está sem treinador. Em coletiva de imprensa realizada na segunda-feira, em Buenos Aires, Diego Giustozzi anunciou o desligamento do cargo após ocupar o posto pelos últimos quatro anos. Diego irá dirigir a equipe do El Pozo Murcia, da Espanha. A Federação Argentina de Futebol (AFA) ainda não definiu quem será o seu substituto na seleção de futsal.

“Sabia que este momento chegaria alguma dia. Todo treinador começa em um clube e depois vai para alguma seleção. Estou fazendo o movimento contrário. Quando assumi a seleção em janeiro de 2014, jamais imaginaria que chegaria tão longe. Quero agradecer aos jogadores e à minha equipe de trabalho por tudo o que conquistamos”, disse Diego Giustozzi, de 39 anos.

Ian MacNicol/FIFA/Getty Images

Diego Giustozzi comemorando o título da Copa do Mundo de Futsal 2016

Com a saída do treinador campeão mundial, a Argentina corre para contratar um substituto o quanto antes. Em agosto, os hermanos enfrentam o Brasil pela decisão da Liga Sul-Americana. O campeão será conhecido após dois jogos envolvendo as seleções principal e sub20.

“Quero deixar claro que essa é uma decisão pessoal, que fui amadurecendo após completar todos os meus objetivos na seleção argentina. Querendo ou não, nos últimos quatro anos eu não tive a possibilidade de treinar uma equipe no dia a dia, o que agora vai ser possível por se tratar de um clube. O El Pozo é um grande time, que me motiva da mesma maneira que a seleção”, concluiu.