Já classificado, o Corinthians não tirou o pé na última rodada da fase de grupos da Libertadores, a equipe não tomou conhecimento do Bocca (EQU) e venceu a partida por 7 a 0, gols de Murilo, Matheus (2), Caio, Deives (2) e Douglas Nunes. Com isso, garantiu o 100% de aproveitamento e a primeira colocação do grupo C.

Yuri Gomes

Ex-ACBF, Murilo defende o Corinthians na Libertadores de Futsal

Na próxima fase, os paulistas encaram o Carlos Barbosa, que venceu o Villa La Ñata por 3 a 2 e ficou em segundo lugar no Grupo A. O jogo acontece na próxima quinta-feira, às 18h (de Brasília) com transmissão do SporTV2.

O Corinthians saiu na frente na base da individualidade de Murilo. O camisa 8 recebeu um passe de Douglas Nunes na intermediária e soltou uma pancada de perna direita no cantinho para abrir o placar. Na jogada ensaiada, o Timão ampliou. Matheus recebeu a bola rolada do escanteio na intermediária e bateu colocado no canto esquerdo do goleiro para fazer o segundo.

Caio foi quem fez o terceiro, em uma desatenção inacreditável da equipe equatoriana. Na cobrança de escanteio, o time do Bocca estava completamente desorganizado e Caio ficou livre na entrada da área para bater de primeira tirando do goleiro.

Yuri Gomes

Jogadores do Corinthians comemoram um dos gols da vitória sobre o Bocca, do Equador

O Bocca começou a segunda etapa tentando pressionar a saída de bola do Corinthians e chegou a criar uma boa chance, defendida por Tiago. Mas foi o Corinthians quem soube ser fatal. Em três chegadas, o que já era uma boa vantagem, virou atropelo. Deives recebeu a bola na entrada da área e, desequilibrado, bateu de primeira no canto direito baixo do goleiro para fazer o quarto.

Não demorou muito para o próprio Deives ampliar. O pivô dominou quase na marca do pênalti e bateu cruzado de canhota, a bola ainda tocou no pé do goleiro e na trave antes de morrer nas redes. Antes que o Bocca conseguisse se recuperar do baque, veio mais um.

Após o defensor equatoriano salvar em cima de linha, Matheus pressionou na saída de bola e só precisou cutucar a bola para dentro do gol para fazer o sexto. O atropelo não parou por aí. Caio recebeu cobrança rápida de lateral na ponta direita e soltou a bomba, Douglas Nunes desviou na frente do goleiro e fez o sétimo e último gol da partida. Confira os gols da partida, AQUI.