O grupo “C” é o último  da Copa Libertadores da América de Futsal 2018. A curiosidade é que das quatros equipes, duas são estreantes na competição, caso do Leones de Nariño (Colômbia) e do S.S.Bocca (Equador). Eles se juntam a dois gigantes, o Nacional (Uruguai), que já chegou em decisão e chega para a oitava participação na Libertadores, e o Magnus (Brasil), que já levantou a taça em 2015.

Club Nacional

O Nacional, do Uruguai, tem uma longa história dentro do futsal, comprovada através de títulos dentro do cenário do país. Até a década de 90, o clube conquistou em três oportunidades, 1994, 1997 e 1998 o Campeonato Nacional. Além disso, em várias oportunidades levantou a taça de Torneios Metropolitanos.

A partir dos anos 2000, foram mais oito títulos do Campeonato Uruguaio, o último deles em 2017, tornando-se o maior vencedor no país e garantindo assim o direito de representar o Uruguai na Copa Libertadores.

E disputar a Libertadores de Futsal não causa estranheza para os uruguaios que chegam para sua oitava participação. O melhor resultado foi obtido em 2003, quando acabou com o vice-campeonato.

Divulgação Nacional

Nacional, do Uruguai, irá para a disputa da oitava Copa Libertadores de Futsal

Magnus

Criado em 2014, o Magnus Futsal, é em tem como sede a cidade de Sorocaba, interior de São Paulo. Em apenas cinco anos, o clube paulista se tornou uma das referências e potência dentro do cenário da modalidade seja no Brasil como no mundo, por organização, gestão e principalmente pela quantidade de taças conquistadas.

Em sua primeira temporada na Liga Nacional, a equipe já ficou com o título. No mesmo ano, conquistou os Jogos Regionais, de São Paulo e a Liga Paulista. No ano seguinte vieram os títulos dos Jogos Abertos e Sul-Americano. Em 2017, vieram mais conquistas no âmbito estadual, com os Jogos Regionais e Abertos e o bicampeonato da Liga Paulista.

As conquistas do Magnus não ficaram restritas aos níveis regionais, estadual ou nacional. Em 2015, a equipe participou e conquistou a Copa Libertadores. Com a vitória, o clube ganhou o direito de participar do Mundial realizado no Catar, onde também levantou a inédita taça.

Para estarem presentes pela segunda vez na disputa da Copa Libertadores, os paulistas tiveram que conquistar mais uma taça, a da Supercopa de Futsal.

Magnus / Reprodução

Magnus conquistou a Libertadores de Futsal em 2015 e busca agora o bicampeonato

S.S.Bocca

A Societá Sportiva Bocca será o representante do Equador na Copa Libertadores de Futsal. Entre todos os participantes possui a mais recente trajetória. O clube foi fundado em junho de 2016, em Guayaquil, e já tem uma trajetória de ascensão dentro da modalidade no país.

Em 2016, jogou e conquistou a série B nacional. O título lhe garantiu a participação no mesmo ano para a primeira divisão do torneio nacional. Nela, o S.S.Bocca surpreendeu a todos no país, pois de maneira invicta levantou a taça de campeão.

Na última temporada, o S.S. Bocca repetiu e aumentou suas façanhas dentro de quadra no Equador, ao conquistar os torneios Apertura e Clausura, tendo apenas uma derrota nas duas competições.

Além disso, teve sua primeira participação na Copa Libertadores de Futsal de 2017, em Lima, quando venceu uma partida e conseguiu classificação inédita para as quartas de final, mas acabou sendo eliminada. O objetivo em Carlos Barbosa é superar a participação anterior e chegar entre os quatro melhores da América.

Divulgação

Atual campeão equatoriano, o S.S. Bocca participa pela primeira vez da Libertadores de Futsal

Leones de Nariño

O representante da Colômbia, na Copa Libertadores de Futsal, é o Club Leones de Nariño. O clube fundado em 2010, tem uma trajetória recente dentro do futsal, passou a jogar de forma oficial a Liga Colombiana de Futsal, em 2017. E na sua primeira temporada, a equipe verde e branca levantou a taça do Torneio Clausula, equivalente ao segundo turno da competição nacional.

Para chegar até a Copa Libertadores de Futsal, o Leones de Nariño teve que entrar em quadra no início desta temporada pela Supercopa da Colômbia, a qual conseguiu o título e carimbou o passaporte para a competição continental. Esta será a primeira participação do clube em competições internacionais

Divulgação Leones de Nariño

Colombianos do Leones de Nariño também fazem a estreia na maior competição interclubes do continente em 2018

Confira AQUI a tabela completa de jogos da Copa Libertadores de Futsal 2018.