Com quatro brasileiros em seu elenco, a Rússia não deu sopa para o azar e tratou de espantar da melhor forma a zebra Vietnã, considerado a grande surpresa dentre os classificados para as oitavas de final da Copa do Mundo Fifa, na Colômbia. Com um futsal consistente, os russos passaram às quartas com uma goleada por 7 a 0, gols de Abramovich (dois), Chiskala,  Abramov, Niiazov, Rômulo e Milovanov. O adversário na próxima fase sai do confronto entre Espanha e Cazaquistão, que duelem nesta quarta, às 19h30 (de Brasília), em Medelim.

FIFA

Lance acrobático durante a goleada russa

A partida mal começou, e Robinho já carimbou o travessão vietnamita. Aos dois minutos, Eder Lima girou para cima da marcação, chutou cruzado e Chiskala apareceu para completar para o fundo da rede: 1 a 0 Rússia. Aos seis, o Vietnã conseguiu chegar com perigo pela primeira vez. Atento, o goleiro Gustavo saiu da meta para tirar a bola dos pés de Van Vu Tran. Aos dez, a Rússia marcou o seu segundo gol. Após pancada de Rômulo da ala direita, Abramovich colocou o peito na bola para empurrá-la para dentro.

Estava fácil. Aos 12,  Abramov puxou contra-ataque e serviu Abramovich, que bateu de primeira para fazer 3 a 0. Apesar da visível superioridade técnica do rival, o Vietnã continuou criando chances na base do toque de bola. A quatro minutos do intervalo, Ngoc Son Ngo foi lançado na frente e dividiu com Gustavo. A bola se perdeu pela linha de fundo. Um minuto depois,  Bao Quan Nguyen chutou à queima-roupa e lá estava o brasileiro naturalizado russo para fazer a defesa novamente. No minuto final, porém, Abramov avançou sem marcação e bateu rasteiro para definir o placar da etapa em 4 a 0 em favor dos russos.

FIFA

A confiança no olhar de quem já está nas quartas

A Rússia seguiu impiedosa no segundo tempo. Logo a um minuto, Eder Lima deu passe para Niiazov fazer o quinto.  Aos nove, Niiazov recebeu na área e teve grande oportunidade para marcar o sexto, mas a finalização fraca facilitou a defesa do goleiro Dnh Thuan Ngo. Aos dez, enfim, a rede voltou a balançar. Em uma linda tabela com toques de primeira, Rômulo só teve o trabalho de empurrar a bola para o gol vazio. Aos 12, o Vietnã conseguiu a sua primeira finalização na segunda etapa. Bem posicionado, Gustavo se esticou para desviar bola chutada por Duc Hoa Pham.

Dois minutos depois, Lyskov arrancou pelo meio e bateu firme. Dnh Thuan Ngo defendeu com o pé. A quatro minutos do fim, Eder Lima foi lançado na frente, dominou no peito e chutou forte. A bola passou rente ao poste. No lance seguinte, Milovanov arriscou de longe, e o goleiro vietnamita aceitou. Era o sétimo gol dos russos. Mesmo com a goleada consolidada, o time europeu seguiu pressionando até o fim. Aos 18, Shayakhmetov tocou na saída de Dnh Thuan Ngo, e Xuan Du Vu apareceu para salvar. No lance final da partida, Abramov ainda acertou um lindo voleio, mas a bola explodiu na trave, e o placar terminou mesmo em 7 a 0.