O ano de 2019 começou de forma bastante positiva para a Seleção Brasileira de Futsal. Os primeiros desafios foram diante de duas equipes tradicionais do continente europeu, Portugal e Espanha, e o Brasil saiu invicto, com grandes atuações.

Diante dos portugueses, os dois duelos em Lisboa terminaram de forma favorável e com direito a goleada. No primeiro encontro, 6 a 1 no placar para o Brasil com amplo domínio. Na sequência um placar menos elástico, mas ainda assim com uma grande margem de vantagem: 4 a 0.

Seleção Espanhola

Seleção Brasileira venceu a Espanha no último compromisso do tour pela Europa

Os dois resultados deram empolgação para seguir na estrada e encarar a Espanha em confrontos que prometiam muita emoção, justamente pelo histórico de rivalidade entre as duas Seleções – acostumadas a decisões de mundiais. A expectativa se confirmou com jogos muito equilibrados, com o primeiro encontro terminando em 2 a 2.

Depois foi a vez de sacramentar a boa fase. Em Madri, o Brasil mostrou toda sua eficiência coletiva, com atuação de encher os olhos do público no exterior e dos próprios brasileiros. A vitória, então, veio com naturalidade e em grande nível: 3 a 1 no placar para fechar a série com chave de ouro.

Os frutos positivos resultaram em elogios ao desempenho do Brasil em quadra, porém, o presidente da CBFS, Marcos Madeira, reafirma que tão importante quanto recuperar a autoestima da Seleção na modalidade é continuar trabalhando para seguir mantendo o alto nível.

Divulgação

Diretoria da CBFS e comissão técnica da Seleção Brasileira celebram bom início de ano

“Os resultados obtidos mostram que o futsal brasileiro está retornando ao topo do mundo. Tanto em Portugal como na Espanha ouvimos os elogios em relação ao modo como a Seleção voltou a mostrar a qualidade que tanto lhe trouxe respeito na modalidade. Isso é motivo de muita satisfação, mas também de pés no chão, pois temos que seguir trabalhando para manter a boa impressão que estamos causando. Estamos resgatando o amor pela Seleção Brasileira e essa história vem sendo reescrita com sucesso muito pela união de esforços que temos em todos os setores, como nas Federações, por exemplo, tão importantes nesse processo quanto a própria Confederação”, explica o presidente.

Os próximos compromissos da Seleção no ano serão divulgados em breve.