Iully Ribeiro

Pakito vibra ao marcar o terceiro gol do Tubarão

O ala Pakito viveu uma noite de fortes emoções nesta quarta-feira no ginásio Estener Soratto, em Tubarão (SC). No primeiro tempo, o jogador do Tubarão acabou marcando contra, o que fez o Joaçaba ir para o intervalo vencendo por 1 a 0. Contudo, na segunda etapa, a equipe da casa conseguiu a virada com direito a gol do mesmo Pakito a sete minutos do fim – Sid e Evandro foram os autores dos outros gols do Tubarão. Com a vitória, a equipe mandante sobe do 15º para o 12º lugar, agora com dez pontos. Já o Joaçaba, que tem cinco pontos, caiu para 15º.

O jogo

O Joaçaba começou melhor e não demorou a abrir o placar. Aos três minutos, Leanderson fez jogada individual e chutou cruzado. A bola bateu em Pakito e foi morrer no fundo do barbante. Gol contra. Aos nove, Ernani esteve perto de ampiar ao avançar sozinho e ser parado pelo goleiro Marcinho. O Tubarão só foi assustar aos 11. Depois de dominar na direita, Jean encheu o pé, e a bola explodiu no travessão, saindo pela linha lateral.

Aos 13, o goleiro do Joaçaba, Léo Gugiel, avançou à intermediária e arriscou o chute. Marcinho foi buscar no ângulo. Empolgado, Gugiel subiu novamente ao ataque aos 16. Dessa vez, a bola defendida por Marcinho ficou com Evandro, que bateu para o gol mesmo de longe. Bem posicionado, Leanderson apareceu para salvar o Joaçaba, garantindo a vitória parcial de 1 a 0.

O segundo tempo começou com o Tubarão buscando o empate. Com mais volume de jogo, a equipe da casa não demorou a marcar. Aos três minutos, Sid limpou a marcação e acertou o ângulo esquerdo de Léo Gugiel: 1 a 1. Empurrado pela torcida, o Tubarão conseguiu a virada no minuto seguinte. O autor do gol foi Evandro, desviando chute de Pakito.

Iully Ribeiro

Tubarão, do experiente fixo Marinho, buscou a vitória no segundo tempo de jogo

Refeito do golpe, o Joaçaba voltou a criar chances a partir da metade do segundo tempo. Primeiro foi Willian Peru que colocou Marcinho para trabalhar num chute rasteiro. Pouco depois, foi a vez de Ernani assustar em finalização pela esquerda. Aos 13, o time visitante acabou castigado. Em belo chute de primeira, Pakito ampliou para 3 a 1.

A cinco minutos do fim, o técnico Cassiano Klein lançou Leanderson como goleiro-linha. O Joaçaba pressionou bastante, mas Marcinho, com grandes defesas, garantiu o resultado.

Confira os gols do jogo 

Tubarão 3 x 1 Joaçaba