Roni Muller

Enquanto aguarda pela definição do começo das competições, Assoeva alterna os trabalhos físicos, técnico e táticos no Poliesportivo.

Nesta semana mais um passo bem importante foi dado no que diz respeito a organização do Gauchão de Futsal Série Ouro 2021. Um encontro virtual foi realizado na quinta-feira, 25, onde o comando diretivo da competição apresentou e contou com o aval dos dirigentes dos clubes no que se refere a divisão das instituições num primeiro momento. O Estadual deve contar com 27 equipes. Mediante a aprovação praticamente de forma antecipada da fórmula de disputa, a organização pretende para dentro da primeira quinzena de abril, realizar um ato mais oficial para o sorteio dos grupos da fase inicial.

Bruno Barbosa, que compõe a linha de frente da organização, destaca que inicialmente houve uma divisão entre as 27 equipes confirmadas. “Os clubes participantes serão divididos inicialmente na primeira fase em três grupos. Para chegarmos na composição destes grupos, iremos realizar um sorteio que já tem um certo direcionamento qaue é de acordo com as classificações no ano de 2020”, disse Barbosa.

Os clubes constam em ‘potes’ e a divisão dos mesmos foi conforme classificação no Estadual da última temporada. Tem uma relação dos clubes que não disputaram nenhuma competição. Tem aquee grupo seleto de clubes que acenderam mediante as competições organizadas e finalizadas na temporada 2020.

“No pote 5 estão inclusos os três representantes do Estado na Liga Futsal. Estrategicamente eles serão cabeças de chave. Não podemos correr o risco de duas destas equipes ficarem em um mesmo grupo para que se tenha ainda uma maior incompatibilidade do que normalmente já se costuma ter pois a prioridade inicial destas são os jogos pela Liga Futsal. Melhor mesmo é ficarem em grupos desassociados”, completa Bruno Barbosa.

Enquanto aguarda os rumos do Gauchão de Futsal, a Assoeva, que mantém a rotina dos treinos semanais em dois turnos, também está na expectativa no que se refere ao começo da Liga Futsal. Informações colhidas entre os orgãos de imprensa dos três clubes do Rio Grande do Sul, dão conta da possibilidade de clássico gaúcho na largada da competição. A Assoeva, na primeira rodada, deve enfrentar o Atlântico, no Poliesportivo, em Venâncio Aires. Na segunda rodada a Assoeva deve jogar contra a ACBF, em Carlos Barbosa. Na terceira rodada se projeta Assoeva e Joinville, para Venâncio Aires.

Em relação ao início da competição se cogita para os dias 16, 17 e 18 de abril. Tendência é dos primeiros jogos contarem com a transmissão de algumas emissoras de televisão.

Pote 1

Clubes do primeiro patamar de classificação em relação a 2020:

Passo Fundo Futsal;

BGF Futsal, de Bento Gonçalves;

Guarany, de Espumoso;

SER Canoense;

Afucs, de Seberi;

AES, de Sobradinho.

Pote 2

Clubes do segundo patamar de classificação em relação a 2020:

AMF, de Marau;

Guarani, de Frederico Westphalen;

Lagoa Futsal;

SER Itaqui;

Horizontina;

Brasil Futsal, de Pelotas;

Rabelo, de Alvorada.

Pote 3

Clubes que em 2020 estiveram inativos por conta da pandemia:

Paulista, de Pelotas;

Alaf, de Lajeado;

UFSM, de Santa Maria;

Sase, de Selbach;

Santa Cruz Futsal;

AEU de Uruguaiana;

São José, de Cachoeira do Sul.

Pote 4

Clubes que em 2020 acenderam da Série Prata, Liga Unificada para as primeiras divisões:

Sercesa, de Carazinho;

AVF, de Vacaria;

Cometa Futsal, de Rodeio Bonito;

Rio Grande.

Pote 5

Clubes que jogam a Liga Futsal e que serão cabeças de chave:

Assoeva, Venâncio Aires;

ACBF, de Carlos Barbosa;

Atlântico, de Erechim.