LNFS

Daniel e treinador do Barça, Andreu Plaza

Barça e francês ACCS se enfrentam nas oitavas de final da Liga dos Campeões em uma única partida (sexta-feira, 19/2, 21h05, BarçaTV, BarçaTV +, Esport3 e L’Équipe). Um jogo sem rede que tem uma cobertura mediática sem precedentes na França e no mundo no caso de um jogo de futsal. É mais do que um duelo Barça-ACCS, a lupa estará também em Ferrão e Ricardinho, os dois melhores jogadores do Mundo nos últimos anos; Ortiz e Daniel, ex-companheiros do Inter; em estrelas em ascensão como Matheus e Nelson; e também no duelo nas bancadas entre Velasco e Plaza. Não pode haver mais incentivos, o jogo é uma propaganda desse esporte em si.

“Ele não é o rival que eu queria nem estou animado para jogar contra eles, mas certamente eles pensarão o mesmo de nós. Espero um jogo duro, competitivo e muito equilibrado. Curiosamente, nunca nos enfrentamos, mas nos conhecemos bem e isso pode influenciar. Têm um treinador -Jesús Velasco-, e alguns jogadores muito experientes e com muita qualidade individual. E atenção, porque não estamos falando apenas de Ricardinho e Ortiz, temos que levar em consideração o talento de jogadores franceses muito desequilibradores como Nelson, Mohammed, Edu e N’Gala, e eles têm um goleiro de alto nível como Aksentijevic, internacional com a Sérvia ”, avisa Plaza, que fala da importância do jogo para o Futsal francês.“ Eles apostaram muito a nível da Federação e o projecto do ACCS Club é muito ambicioso e, para eles, defrontar o Barça é uma oportunidade única para reclamar de volta “, diz ele.