A temporada de 2020 foi a primeira a sofrer os impactos da pandemia. A paralisação das atividades de toda ordem respingou na organização das competições em todos os lugares. O cenário já conhecido, porém, mantém as dificuldades para quem tem a responsabilidade de administrar e promover os torneios locais. Isso sem contar que há clubes envolvidos em torneios como a LNF, a Copa do Brasil e a Taça Libertadores da América.

Confira abaixo um pequeno resumo de como está à situação nas principais praças do futsal brasileiro. O Paraná é onde a bola já rolou e na grande maioria a expectativa é a de que role na sequência.

Nilton Rolin

Foz Cataratas venceu o Campo Mourão por 2 a 1 no final de semana

Rio Grande do Sul: O Gauchão tem previsão de início no mês de junho com a participação das três equipes da LNF: ACBF, Atlântico e Assoeva. Vale lembrar que as finais da Liga Gaúcha de 2020 ainda não aconteceram. A ACBF está na final e espera a semifinal entre Passo Fundo x Guarany.

Santa Catarina: Um dos estados com maiores problemas em função dos decretos sanitários, diante da pandemia da COVID, também terá que fazer uma ginástica para encaixar o estadual no apertado calendário. A expectativa é pelo congresso técnico, que encaminhará a situação. O encontro está previsto para os próximos dias.

Paraná: A região com maior número de participantes na LNF é onde a competição local está em curso. Os sete times do estado, que disputam a LNF 2021, estão em meio à disputa da Série Ouro, que neste ano está mais acirrada devido ao regulamento, que prevê o rebaixamento de quatro equipes. Os times estão se enfrentando em grupo único com jogos de ida e volta. O Cascavel é o atual campeão e lidera a competição na temporada 2021, seguido por Foz Cataras e Pato.

Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal: Na terra do café, não há por ora a definição da competição regional. No Mato Grosso do Sul acontecerá mais uma edição Copa Morena, em junho, e o Juventude está confirmado. Em Brasília, a disputa atual é a Taça Brasília, que está na fase de quartas de final. O campeonato brasiliense deverá começar em junho.

São Paulo: Os clubes ainda esperam, por parte da federação, a definição em relação ao início das competições estaduais. Atual campeão da LNF, o Magnus disputará o Campeonato Paulista, o qual também defende o título invicto. Em relação à Liga Paulista, a atual campeã Intelli não participará da edição deste ano.